Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Pedreiras: 191 em situação crítica, apenas metade delas licenciadas

  • Há 191 pedreiras em situação crítica em Portugal, admite um relatório do ministério do Ambiente após a tragédia de Borba. O documento diz que, em muitos casos, são necessárias medidas para evitar o colapso ou abatimento de estradas. O Alentejo é a região com mais casos de pedreiras em situação preocupante. O relatório alerta ainda para o facto de só metade das pedreiras estarem devidamente licenciadas. RTP
  • O presidente da Câmara de Alcácer do Sal, Vítor Proença, criticou a passividade do governo em de António Costa em mitigar os efeitos da seca na bacia hidrográfica do rio Sado. O autarca lamenta que não se tenha concretizado a garantia dada há um ano da constituição de um grupo de trabalho que seria coordenado pela Agência Portuguesa do Ambiente para estudar o assunto e adotar um conjunto de medidas para carregar as albufeiras a partir de Alqueva, tendo em conta a produção de arroz em Alcácer do Sal. Segundo Vítor Proença, «a falta de resposta do Governo», perante o fenómeno das alterações climáticas que atinge a zona, «põe em causa» a próxima campanha de arroz no Vale do Sado, que representa 30% da produção nacional, e compromete a economia local. DN
  • A Caixa Geral de Depósitos anunciou que baixou as taxas de juro do programa de concessão de crédito Casa Eficiente. Fê-lo depois de o ministro do Ambiente, Matos Fernandes, ter defendido que era importante aumentar a adesão ao programa Casa Eficiente, considerando que a taxa de juro praticada pelos bancos não era atrativa. ECO
  • O parlamento português aprovou diplomas dos Verdes e do CDS-PP para desincentivar a utilização de microplásticos em cosméticos e produtos de higiene, mas chumbou projetos do Bloco e PAN com caráter de proibição. Rádio Comercial
  • Portugueses e espanhóis fizeram cordão humano contra exploração de urânio na fronteira. A concentração teve início a meio da tarde, na barragem de Saucelle, entre Portugal e Espanha. Os ambientalistas alertam para os perigos da mina projetada para a localidade de Retortillo, que pode ter impactos no meio ambiente e na saúde humana. RTP
  • Muitos dos 28 membros que formam a Alliance to end plastic waste (Aliança para acabar com o lixo plástico), incluindo grandes empresas como a BASF, a Shell, a ExxonMobil, a Dow, a Procter & Gamble, a DSM e a Suez programaram investimentos de biliões de dólares no aumento da produção de plástico, denunciam os ambientalistas da Recycling Netwerk. Vale a pena reler a nossa reflexão de 19 de janeiro.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue