Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Reflexão – Que se faz quando o nível das águas do mar sobe e chega ao pé de casa?


Como o nível do mar continua a subir, New Jersey  aprovou um programa que subsidia a relocalização dos moradores em perigo. PBS.
Share:

1 comments:

OLima disse...

Ministro do Ambiente revela planos de intervenção em quase 200 pedreiras
RTP
22 Jan, 2019, 17:35 / atualizado em 22 Jan, 2019, 17:38

Das 1.426 pedreiras de classe 1 e 2, licenciadas pelo Estado, 191 revelaram necessidades de intervenção no curto prazo, anunciou o ministro do Ambiente.

Matos Fernandes revelou que destas, quase todas (90 por cento), necessitam de estudos sobre riscos estruturais e entre 74 e 87 por cento têm de ser alvo de obras em termos de sinalização e de colocação de vedações.

O ministro revelou ainda os cálculos das despesas que estas obras e estudos implicam, as quais deverão ser suportadas pelos proprietários das pedreiras.

Assim, calcula-se que para a sinalização sejam necessários 150 mil euros, para as vedações 10 milhões de euros e para os estudos de risco estrutural mais 4 milhões de euros.

Devido à necessidade premente de sinalização, o custo desta empreitada será assumido pelo Fundo do Ambiente, revelou Matos Fernandes.

O ministro sublinhou ainda que os proprietários vão ser notificados do que têm a fazer e terão de, num prazo variável entre 30 e 90 dias, apresentar pelo menos os seus planos de obras e de estudos.

Caso contrário, será notificado o Ministério Público, já que irão incorrer "num crime de desobediência", alertou Matos Fernandes.

Os planos de intervenção foram apresentados esta tarde e resultam de um estudo preliminar às 2.500 pedreiras existentes em Portugal, das quais 57 por cento são das classes 1 e 2.


https://www.rtp.pt/noticias/pais/ministro-do-ambiente-revela-planos-de-intervencao-em-quase-200-pedreiras_v1124329

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue