Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Angola: prossegue a devastação de florestas

Foto: Mário Rui Ribeiro, 9jan2018.
  • Comboios de camiões carregados de madeira, como este, têm sido frequentes em algumas regiões de Angola. Sinal da devastação das florestas primárias, entre outras, do Moxico, Kuando-Kubango, Bié, Huambo e Benguela por parte de empresas chineses e vietnamitas. Fonte.
  • Os estados da Florida e da Geórgia estão envolvidos em aceso combate jurídico por causa das águas de dois rios. Acontece que os rios Chattahoochee e Flint, que nascem na Geórgia, juntam-se no rio Apalachicola, que flui através da Florida e desagua no Golfo do México. A Florida exige mais caudal dos dois rios que nascem no estado vizinho, alegando a iminente catástrofe da indústria de criação de ostras na Baía do Apalachicola. AFP.
  • 66% dos rios e ribeiras dos EUA tornaram-se mais salgados e mais alcalinos nos últimos 50 anos, o que representa riscos para a água potável e danos nas tubarias e outras infraestruturas, revela um estudo coordenado pelo geólogo Sujay Kaushal, da University of Maryland. Reuters.
  • Um buggy com turistas atolou na Praia dos Lençóis, em Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia. As autoridades ambientais procuram o responsável deste crime ambiental em plena zona de desova de tartarugas. Globo.
  • Mais de dois terços das famílias de Islamabad, Paquistão, bebem água contaminada, sofrendo graves problemas como tifoide, cólera, disenteria e hepatite. 53 mil crianças morrem anualmente de diarreia, diz a UNICEF. Mas pior situação existe em Lahore, a segunda cidade do país. As infraestruturas de abastecimento de água e rede de esgotos não precárias. AFP.
  • Cerca de 2 metros de painéis fotovoltaicos foram roubados de uma estrada solar chinesa 5 dias após a inauguração de 1 km de via em Jinan, China. As autoridades suspeitam que o objetivo do roubo será copiar a tecnologia, uma vez que todo o projeto foi alvo de enorme curiosidade, tendo, inclusive, ocorrido o roubo de várias componentes durante a execução do projeto. 1 km desta estrada solar pode produzir energia para 800 casas. The Guardian.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue