Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

S. Pedro do Sul: Falsas colheitas municipais de água

Imagem captada aqui.
  • Em Bordonhos e S. Pedro do Sul, alguns munícipes foram contatados por pessoas que se identificaram como funcionários da autarquia para realizar colheitas de água. O objetivo principal destes falsos funcionários é vender equipamentos de filtragem das águas, não tendo nenhum tipo de ligação contratual com o Município de S. Pedro do Sul. Rádio Vouzela.
  • Camiões do lixo infernizam madrugadas de condomínio de luxo em Cascais, lê-se no Público. «Moram num condomínio de luxo de Cascais com vista para a baía, piscina, jardim, ginásio e mini-campo de golfe e prometeram-lhes tudo aquilo que pensavam que o dinheiro podia comprar: segurança e tranquilidade. Uma estação de resíduos urbanos do outro lado da rua, a escassos metros de dezenas de apartamentos, trocou-lhes as voltas», diz o artigo. Um pormenor digno de registo é que este condomínio existe há 8 anos, e a estação de resíduos urbanos é mais velha, existe há 20. Outro pormenor muito interessante é que a fonte da notícia parece ser o diretor regional de Marketing de uma cadeia internacional de hotéis. Henri Poudensan é mencionado 4 vezes…
  • Cada português produziu 464 Kg de lixo em 2015, a segunda maior quantidade dos últimos cinco anos. Por outro lado, os resíduos direcionados para reutilização e reciclagem atingiram 36%, o que representa um aumento acumulado de 15% desde 2011. A indústria registou uma redução de 16,3% em relação a 2014, tendo havido, no entanto, um aumento de resíduos perigosos. Açores9. Aliás 2015 não foi muito feliz em termos ambientais: para além de ter sido o sexto ano mais seco desde 1931, registou triplo da média de área ardida, produziu menos eletricidade a partir de fontes renováveis, as emissões de gases de efeito de estufa subiram para os níveis de 2009…
  • A primeira estrada com painéis solares foi inaugurada em Tourouvre-au-Perche, na Normandia. Durante 2 anos, a pista de painéis solares vai ser testada por cerca de 2 mil automóveis diariamente. Prevê-se que a energia gerada seja suficiente para satisfazer as necessidades energéticas dos 3.400 habitantes. The Guardian.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue