Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Zova Zelândia proíbe nadar com golfinhos

  • Advogados da ClientEarth estão a notificar 100 autarquias locais em toda a Inglaterra, avisando-as de que violarão as suas obrigações legais se não introduzirem planos adequados de combate às alterações climáticas.
  • No Cazaquistão, a maior produtora mundial de urânio, a Orano (anteriormente Areva), vai arrasar uma floresta protegida para explorar um depósito. Reporterre.
  • Um tribunal da província de Aceh, na Indonésia, ordenou a suspensão de um projeto hidrelétrico projetado para o ecossistema Leuser, na Sumatra, após organizações ambientalistas terem processado o governo alegando uma possível destruição ambiental e violação das leis de zoneamento. A área é o último lugar na Terra que abriga tigres selvagens, rinocerontes, orangotangos e elefantes, espécies criticamente ameaçadas de extinção cujo habitat seria inundado e fragmentado pela barragem e suas estradas e linhas de energia. Os moradores da região também se opuseram amplamente ao projeto, que, segundo eles, represaria o rio do qual dependem e os obrigou a mudar para dar lugar à albufeira. Mongabay.
  • A Zova Zelândia acaba de proibir as pessoas de nadar com golfinhos. O Camboja e o Hawaii vão fazer o mesmo. BBC.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue