Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sexta-feira, 28 de junho de 2019

França: cidadãos contra parque de estacionamento no centro de Chambéry

  • O estaleiro da obra de um parque de estacionamento de 5 andares em Chambéry, em Savoie, França, foi invadido por 60 adversários do projeto. Dois subiram ao cimo de uma grua, exibindo uma bicicleta e desfraldando um pano onde se lia «Laisse béton». A ação decorreu entre as 6 e as 9 horas da manhã de terça-feira, 25 de junho, tendo os adversários do projeto conseguido agendar uma reunião com o presidente da autarquia local e membro do Parlamento Europeu, Michel Dantin. Os ativistas dizem que o projeto vai atrair mais carros para o centro da cidade. Contra isso defendem investimentos em infraestruturas de apoio à mobilidade suave. France Bleu.
  • Os cidadãos de Bruxelas têm o direito de levar o governo regional da cidade a tribunal por não combater a poluição do ar, deliberou o Tribunal de Justiça da União Europeia. META.
  • A República Checa, a Estónia, a Hungria e a Polónia adiaram uma decisão essencial para a União Europeia ser neutra em relação ao clima até 2050, lançando dúvidas sobre o papel da Europa como líder nas próximas negociações climáticas da ONU. META.
  • Smugglers Way é o nome de uma central de reciclagem em Wandsworth, oeste de Londres. É administrado pela Western Riverside Waste Authority, um organismo público que lida com lixo de quatro municípios de Londres, onde vive cerca de um milhão de pessoas, através de um contrato com a empresa privada Cory. O estresse é enorme e os trabalhadores separam sacos para a incineração sem os abrirem, tudo a grande velocidade e entre ratos e baratas. Foi o que revelou uma reportagem disfarçada da Unearthed.
  • O governo federal do Canadá vai injetar 275 milhões de dólares de no projeto de gás natural liquefeito de Kitimat, na British Columbia, quer inclui a substituição de uma ponte. CBC. Tudo isto depois da pompa e circunstância da declaração de emergência climática!
  • O Conselho Mundial de Energia Eólica publicou um relatório em que analisa as perspetivas do mercado global eólico marinho, incluindo previsões a nível regional. Pela primeira vez, em 2018, a China instalou mais energia no mar do que qualquer outro país no mundo. O mercado global de energia eólica offshore cresceu em média 21% desde 2013.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue