Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Sheffield: manifestantes indemnizados por detenção indevida

  • Sete manifestantes indevidamente presos entre novembro de 2016 e fevereiro de 2017 receberam 24.300 libras da da polícia de South Yorkshire. Os ativistas tinham sido injustamente detidos quando protestavam contra o abate de árvores em Sheffield. Os 7 cidadãos dizem que teria sido melhor a polícia ter emitido um pedido de desculpas. The Guardian.
  • As áreas mais carenciadas da Europa são as mais afetadas pela poluição do ar. Esta tendência manifesta-se no Reino Unido, em França, na Alemanha, em Malta, na Holanda, no País de Gales e na Bélgica, revela uma análise da Agência Europeia do Ambiente.
  • O Fundo de Resíduos Nucleares atingiu 43 biliões de dólares, mas o Departamento de Energia (DOE) dos EUA não enterrou um grama de resíduos. O Fundo de Resíduos Nucleares foi criado no século passado, quando a energia nuclear era vista como o futuro da nação. Para incentivar o seu desenvolvimento, o governo federal aprovou a Lei de Política de Resíduos Nucleares de 1982, prometendo aceitar e descartar combustível nuclear comercial e resíduos de alto nível até 31 de janeiro de 1998. Como contrapartida, as concessionárias das centrais nucleares fariam pagamentos trimestrais ao fundo de alienação. As concessionárias mantiveram a acordo injetando cerca de 750 milhões de dólares por ano para o fundo -, mas o DOE não o fez: durante 40 anos, não aceitou um quilo de lixo nuclear comercial para descarte permanente. Por isso, as concessionárias das centrais nucleares processaram o DOE por quebra de contrato. Um juiz federal disse que o DOE não podia cobrar por um serviço que não fornecia há décadas e, em 2014, todas as concessionárias de centrais nucleares norte-americanas deixaram de pagar para o Fundo de Resíduos Nucleares. Entretanto o DOE já pagou 6,9 biliões às concessionárias para elas guardarem resíduos e, a manter-se a tendência, terá de pagar outros 28 biliões. O problema é que serão os contribuintes a cobrir a despesa, quer tenham ou não acesso a energia proveniente do nuclear. Redlands Dails Facts.
  • A Energy Australia é propriedade de uma empresa sediada no famigerado paraíso fiscal das Ilhas Virgens Britânicas. Pelo quarto ano seguido, ela não pagou impostos na Austrália. Michael West.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue