Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 24 de setembro de 2019

Rio Mau: aterro continua a receber resíduos indiferenciados

  • O vídeo mostra um camião a descarregar resíduos no aterro sanitário de Rio Mau, na serra da Boneca. «Espero que contribua para sensibilizar quem o vê para a necessidade imperiosa de reciclarmos e reduzirmos a nossa produção de lixo. Quanto ao crescimento do aterro e ausência de uma educação ambiental para a reciclagem a conversa é outra.», diz Antonio Teixeira, que captou as imagens. Obrigado por partilhar imagens tão elucidativas sobre o produto e destino da nossa voragem consumista. Mais do que educar para a reciclagem, julgo ser urgente educar para a redução.
  • Arganda del Rey, Alcalá de Henares, Móstoles e Arroyomolinos são alguns dos municípios de Madrid que vivem em situação de risco devido às casas construídas em zonas de inundação, um problema grave evidenciado por três grandes cheias em menos de um mês, como aconteceu perto de Fuenlabrada. EFE Verde.
  • Há décadas, produtores de banana na Nicarácua pulverizaram as suas plantações com um pesticida tão poderoso que esterilizou os trabalhadores em massa. Agora, milhares deles estão a processar a Dow Chemical, a Shell Oil e a Occidental Chemical/OxyChem na tentativa de serem indemnizados. Fazem-no  em França para tentar receber as indenizações que lhes foram negadas há dez anos por tribunais da Nicarágua. Os processos andaram, nos anos 90, por tribunais norte-americanos depois de se descobrir, em meados dos aos 70, que o dibromocloropropanoe, or DBCP, a substância ativa do Nemagon, era responsável pela doença contraída. Apesar de proibido nos EUA, o pesticida continuou a ser puverizado na Nicarágua e outros países da Amércia Central por produtores de banana e de ananás, baseados nos EUA. NYTimes.
  • Mais de 100 países concorreram para discurss na cimeira do Clima, mas só metade foram admitidos: os que têm mostrado mais empenho em combater a crise crimática. CCN.
  • O governador do New Hampshire vetou a atribuição de subsídios por três anos a 6 incineradoras de biomassa. Subir as faturas de eletricidade para subsidiar algumas das incineradoras mais poluentes do estado não é apoiar a energia limpa. Abater árvores apenas para queima não é gerir nada, é atirar subsídios a quem prejudica ecossistemas florestais e poluir em nome da energia verde. NHPR.
  • A Korindo mandou suspender a pubicação de um relatório da Forest Stewardship Council que acusava a gigante do óleo de palma em Papua, Indonésia, de ter roubado às comunidades locais centenas de milhares de dólares em terras, em recursos naturais e em vidas. Mongabay.
  • A Indonésia está a devolver centenas de contentores de resíduos contaminados para os EUA, Alemanha. GRécia, Bélgica, ESlovénia, Holanda, Nova Zelândia, Hong KOng, FRança e Reino Unido, depois de remessas supostamente contendo plástico destinado à reciclagem esconderem substâncias perigosas, disseram as autoridades alfandegárias. AFP.
  • Peter Kallang venceu o prémio Seacology 2019 por, durante cinco anos, ter desenvolvido uma campanha que culminou com a suspensão da construção de um mega barragem, poupando floresta tropical e a deslocalização de comunidades locais de Sarawak, Malásia. BBC.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue