Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

Índia: populações abandonam aldeias sem água

  • A Ineos, propriedade do homem mais rico da Grã-Bretanha, está a tentar anular a rejeição, manifestada por duas vezes, de um município de Yorkshire para perfurar um poço de gás de xisto adjacente a um lar de idosos. Os moradores de Woodsetts, em Rotherham, recolheram 10 mil libras para pagar um advogado para ajudá-los a rebater o pedido da Ineos para realizar perfurações. The Guardian.
  • Os partidários de Boris Johnson querem um Brexit sem acordo e menos conversas sobre a crise climática, titula o New Statesman.
  • Associações de pais estão a processar o governo francês para tentar forçá-lo a revelar as marcas de fraldas para bebês que contenham produtos químicos perigosos. A Agência Nacional de Saúde da França, Anses, disse, em janeiro, que encontrou vestígios de produtos químicos potencialmente tóxicos em fraldas descartáveis que excediam os limites de segurança, mas as marcas em questão nunca foram nomeadas pelas autoridades. The Telegraph.
  • Na Dinamarca, você pode andar de caiaque gratuitamente se apanhar lixo flutuante. FB.
  • Mulheres na cidade carbonífera siberiana de Kiselyovsk imploram a Trudeau para deixá-las entrar no Canadá como refugiadas ambientais. CBC. As oportunidades são praticamente nulas, tendo em conta as atuais regras de imigração do Canadá
  • A Mobil procurou fazer doações isentas de impostos para as principais universidades, grupos cívicos e programas artísticos para promover os interesses da empresa e minar a regulamentação ambiental, revela o The Guardian: «Os documentos foram conhecidos numa altura em que a ExxonMobil, formada quando a Mobil se fundiu com a Exxon em 1999, é alvo de investigação por parte de vários procuradores-gerais sobre alegações de que não alertou os investidores e o público para riscos conhecidos à crise climática». Os documentos mostram que a Fundação Mobil esperava ver os benefícios para a empresa Mobil dos financiamentos concedidos - uma prática que especialistas dizem ter violado a legislação federal. Esses benefícios incluíam ajudar a Mobil a combater a regulamentação ambiental, financiando cientistas cujo trabalho tinha sido “recebido favoravelmente pela indústria” e preparando a Mobil para se defender contra ações judiciais após derrames de petróleo e acidentes industriais. The Guardian.
  • Trump assinou uma ordem executiva dirigida às agências federais para facilitar as regras para a aprovação de culturas geneticamente modificadas e outras biotecnologias agrícolas. SEJ.
  • Uma plataforma de grupos ambientalistas norte-americanos avançou com uma ação exigindo ao Departamento do Interior a reversão de medidas de segurança postas em prática pelo governo Obama após o derrame de petróleo da BP Deepwater Horizon. Reuters.
  • O Brasil aprovou a comercialização e aplicação de centenas de novos pesticidas desde que Bolsonaro assumiu o poder em janeiro, e mais de mil desde 2016, denuncia a Greenpeace.
  • Na Índia, populações abandonam aldeias sem água, conta o The Guardian
  • Quatro pessoas morreram de calor insuportável enquanto viajavam de comboio entre Agra e Coimbatore. AFP.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue