Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 31 de julho de 2018

Obras no litoral de Esposende destruíram parte da restinga de Ofir

  • Mark Littlewood, diretor do Instituto de Assuntos Económicos (IEA), agendou reuniões com deputados apoiantes do Brexit, um ministro do governo e altos funcionários de comércio para visitantes norte-americanos que concordaram em angariar fundos para o trabalho da IEA a favor de um acordo de livre de comércio EUA-Reino Unido que flexibilize ao máximo os regulamentos ambientais. Unearthed. A BP e casinos patrocinam este IEA...
  • As obras destinadas a recuperar o litoral de Esposende acabaram por destruir a restinga de Ofir, denuncia João Branco, da Quercus. O desaparecimento de parte da restinga veio pôr em causa a segurança de Esposende e da sua marginal que, segundo João Branco, era protegida pela restinga. Por isso, «a marginal poderá vir a ser inundada com as próximas marés vivas ou com temporais», alerta João Branco. Além disso, o projeto desenvolvido pela Polis Litoral Norte contemplou a criação de um dique, bordejando a parte norte da restinga de Ofir, constituído por três fiadas em altura de geocilindros, no lado exterior e na ponta da restinga, e por duas fiadas, no lado interior. Os geocilindros são ‘contentores’ de forma cilíndrica, fabricados com mantas de material geossintético, que foram cheios com areia dragada na barra do Cávado e parte final do seu canal de navegação. Acontece que os geocilindros rebentaram e o seu conteúdo acabou por poluir o areal e o mar. A Sociedade Polis Litoral Norte está em litígio com o empreiteiro da obra, uma vez que o material dos geocilindros não era o que estava previsto no caderno de encargos. Sol.
  • A ferocidade dos incêndios florestais na Suécia levantou críticas contra a poderosa indústria florestal, que está a ser acusada de ter lançado um "tapete vermelho" para queimar e sacrificar a biodiversidade do país em prol do lucro. AFP.
  • Apenas 13% dos oceanos podem ainda ser considerados selvagens, conclui uma investigação coordenada por Kendall Jones, da Universidade de Queensland. Nouvel Observateur.
  • No Japão, o Ministério da Agricultura e o Ministério do Ambiente criam materiais educativos para reduzir o desperdício de alimentos. JFS.
Share:

1 comments:

OLima disse...

Um relatório recente do Instituto de Assuntos Econômicos (IEA, na sigla em inglês) que rebate contra uma ofensiva contra os paraísos fiscais, foi financiado por bancos sediados em Jersey.
A IAE usou o relatório para tentar persuadir um ministro a não aumentar os regulamentos nos centros financeiros offshore de Jersey e Guernsey.
https://unearthed.greenpeace.org/2018/07/31/channel-island-banks-fund-iea-report-defending-tax-havens/

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue