Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Quais são os rios mais poluídos de Espanha?

Imagem captada aqui.
  • Vinte anos de Eco-Escolas valeu a pena, mas ainda há muito a fazer em termos de educação ambiental, diz Margarida Gomes, que coordena o projeto desde o ano de 2000. Em 20 anos, foram atribuídas 10.623 bandeiras Eco-Escolas a estabelecimentos de ensino em Portugal. Atualmente o programa estende-se a mais de 1.400 escolas de 227 municípios nacionais, num total de cerca de 50 mil alunos. RTP. Exemplo de relatório da Eco-Escola Jaime Moniz, no Funchal, relativo ao ano letivo de 2011-2012.
  • Espanha é dos países europeus cujos rios registam níveis mais preocupantes de contaminação. Ei-los: Río Barbaña, é um autêntico esgoto a céu aberto, que passa por Orense. Quando chove, a sua superfície revela fluidos espumosos, considerados pelas autoridades de «alarmantes mas não nocivos»; Río Cinca: durante anos usado como esgoto por parte das indústrias aragonesas, regista elevados níveis de mercúrio em localidades por onde passa, como Villanueva de Gállegos e Monzón; Río Gállegos: importante rio aragonês que regista elevados níveis de mercúrio;  Río Guadiana: vítima de despejos de resíduos de nitratos, amónia e fosfatos por parte de indústrias de pesticidas e fertilizantes, este rio da Extremadura continua muito contaminado; Río Llobregat: este rio catalão, para além de sofrer de escassez de água devido às minicentrais que o povoam entre Cadí e Prat de Llobregat, regista elevado nível de salinidade por influência dos depósitos das Minas del Bages e contaminação de restos de medicamentos; Río Tinto: vítima da mineração, está contaminado por fosfogesso e elementos radioativos;  Río Rio Urumea: corre por Navarra e pelo País Basco, evidenciando altos níveis de concentração de metais pesados como o chumbo, o cobre e o zinco. Ecoticias.
  • A lavagem ilegal de porões de um barco ao largo da Gran Canaria provocou a contaminação da praia de Las Alcaravaneras, em Las Palmas. 20 trabalhadores procederam á limpaza do sítio, tendo recolhido 3 toneladas de areia contaminada e 8 toneladas de efluentes oleosos. 20 Minutos.
  • Dilma veta energias renováveis não hidráulicas no Plano Plurianual 2016-2019. A presidente do Brasil retirou do Plano Plurianual 2016-2019 objetivos, metas e iniciativas voltadas para o reforço das fontes renováveis na matriz energética brasileira, contradizendo o seu discurso durante a cimeira do Clima em Paris. Dilma considera que a energia produzida pelas renováveis representa 40% da matriz energética do país e que isso basta para não se tornar redundante. “Esses vetos protegem o modelo corrupto de geração centralizada contra qualquer ameaça à sua hegemonia moribunda”, considera Márcio Santilli, fundador do ISA. EcoDebate.
  • O primeiro-ministro do Vietname anunciou a intenção de rever todos os projetos ligados ao carvão e de suspender o uso do carvão no futuro.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue