Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Tejo sofre pico de poluição

Rio Vouga, a jusante da Barragem de Ribeiradio
  • 7 organizações de defesa do ambiente agendaram para sábado, 26 de setembro, uma manifestação contra a poluição do Rio Tejo e seus afluentes. «Nunca o rio Tejo e seus afluentes registaram tão elevado grau de poluição, de abandono e falta de respeito, por parte de uma minoria que tudo destrói, perante a complacência das autoridades”, dizem, apresentando um diagnóstico negro: «As águas que afluem de Espanha vêm já com um elevado grau de contaminação com origem nos fertilizantes utilizados na agricultura intensiva, na eutrofização gerada pela sua estagnação nas barragens da Estremadura, na descarga de águas residuais urbanas das vilas e cidades espanholas sem o adequado tratamento e na contaminação radiológica com origem na Central Nuclear de Almaraz. E, em trritório nacional, a poluição provém da agricultura, da indústria, da suinicultura, de águas residuais urbanas e de outras descargas de efluentes não tratados, tudo com total desrespeito pelas leis em vigor, e sem a competente ação de vigilância e controlo pelas autoridades responsáveis». Sol.
  • A página eletrónica do Observatório Ambiental do rio Tejo-Portugal terá sido vítima de ataques de hackers que a inundaram de hiligações para videos pornográficos. O grupo passou, por isso, a ser fechado, alertou De Mattos Sébastien, um dos responsáveis. Tudo porque aquele grupo tem denunciado uma série de descargas poluentes e delas tem fei queixa à GNR.
  • O governo francês de Manuel Valls anunciou o fim dos subsídios à exportação para as empresas construtoras de centrais a carvão no estrangeiro. OS subs´´idios continuam para projetos de renováveis no estrangeiro. Business Green.
  • «Não somos amigos da criação. Às vezes tratamo-la como se fosse o nosso pior inimigo. Por exemplo a desflorestação,  o mau uso da água, os métodos de extração de minerais com elementos como o arsénio e o cianeto que acabam tornando as pessoas doentes». Papa Francisco, em entrevista a Marcelo Gallardo. AFP/Raw Story.
  • Crianças em idade escolar expostas ao ruído e à poluição do ar têm mais problemas de comportamento, revela um estudo realizado pelo Centro de Investigação em Epidemiologia Ambiental (Creal) e pela Universitat Pompeu Fabra.
  • Os líderes republicanos norte-americanos não só fazem tudo para impedir o seu país de reduzir o consumo de combustíveis fósseis como ainda tentam sabotar os esforços internacionais para a tomada de medidas concretas na próxima cimeira de Paris sobre as alterações climáticas. The Guardian.
  • A gigante química DuPont vai enfrentar o primeiro julgamento no contencioso de 3.500 vizinhos de uma das suas fábricas em West Virginia que acusam a empresa de os ter contaminado com PFOA ou C-8, um produto químico tóxico, que descarregou para a água que corre nas torneiras das suas casas. Reuters.
  • Era uma vez uma escola primária que aceitou o patrocínio de uma gigante do agronegócio para um projeto de segurança de bicicleta para os seus alunos. E que também aceitou que aquela empresa colocasse na facha principal da escola um cartaz alusivo ao patrocínio. Depois, de mansinho, pediu autorização aos pais dos alunos daquela escola para usar as caras dos meninos em publicidade sua. Aconteceu no Hawaii e a protagonista é a Monsanto. Natural News.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue