Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Bico calado

  • Bilhetes para ver Al Gore no Porto custam 270 euros, titula o Jornal de Negócios. Ena pá, isto dá para muita coisa…
  • A petrolífera francesa Total suspendeu os seus investimentos em Israel. Israel, que pratica um autêntico apartheid em relação à Palestina, acusa a Total de boicote. MEM.
  • Expliquem-me que ainda não percebi: Os EUA e a Europa querem enviar 60 milhões de ajuda à Venezuela, mas continuam a congelar e não restituem 23 biliões de dólares à Venezuela…
  • «(…) Recentemente, uma agência de notícia brasileira detectou que jornais de estados americanos produtores de soja estavam publicando matérias condenando a produção de soja no cerrado brasileiro, no centro do país, uma das regiões mais produtivas do mundo nesse tipo de cultivo. Diziam que os brasileiros estavam destruindo o cerrado e alertavam para os riscos ao meio ambiente. Coincidentemente, essas informações começaram a ser divulgadas quando os Estados Unidos entraram em conflito econômico com a China e esta, por sua vez, passou a importar toda a soja do Brasil e não mais dos Estados Unidos. Seriam os produtores brasileiros mais irresponsáveis com o meio ambiente do que os produtores americanos? Essas reportagens procuraram ouvir especialistas brasileiros? Os repórteres foram até o cerrado confirmar se esta destruição está realmente acontecendo? Ou simplesmente reproduziram opiniões de quem tem interesse em prejudicar o comércio ao sul do equador? Não estou dizendo que as notícias têm ou não fundamento, dado que eu não investiguei este assunto, apenas levanto uma hipótese que deve ser levada em consideração, principalmente pelos repórteres estrangeiros que escrevem sobre a América Sul, antes de atacarem negócios do continente que incomodam competidores da Europa e Estados Unidos.(…) Consuelo Dieguez, in Rede Ética.
  • Como Israel destrói o Ambiente na Palestina: 1 abatendo e arrancando centenas de oliveiras; 2 arrasando aldeias e desertificando grandes zonas; 3 controlando a água e desviando-a para favorecer colonatos; 4 despejando resíduos domésticos e esgotos em território palestiniano; 5 construindo estradas para uso exclusivo de colonos, isolando aldeias e cidades palestinianas, destruindo núcleos de agricultura de sobrevivência; 6 contaminando solo palestiniano e matando indivíduos com resíduos de urânio empobrecido e fósforo branco provenientes de ataques aéreos e constantes ofensivas militares; 7 aplicando frequentemente glifosato ao longo da vedação que separa os dois territórios e queimando culturas e causando graves problemas de saúde a famílias que vivem na Faixa de Gaza; 8 arrancando dezenas de milhares de oliveiras para construir o Muro do Apartheid. Ramzy Baroud, in MEM.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue