Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

EUA: mariscadores californbianos processam petrolíferas

  • As grandes cadeias britânicas de supermercados continuam a usar sacos de plástico três anos depois da introdução de uma taxa de 5 pence que pretendia fazer reduzir o seu uso por parte dos concumidores. Embora tenha sido registada uma redução de  30% no consumo de sacos de plástico logo no primeiro ano da aplicação da taxa, a Greenpeace diz que, atualmente, 810 toneladas de sacas são descartadas por ano para embalar fruta e legumes e lamenta que muitos supermercados ainda não tenham estabelecido objetivos para reduzir as embalagens de plástico (Aldi, Co-op, Sinsbury, Tesco, Waitrose) e que a maioria dos que já os definiram fizeram-no de tal maneira que só daqui a 20 anos se verão livres das embalagens de plástico. The Guardian.
  • Mariscadores californianos acabam de processar 30 petrolíferas (Chevron, ExxonMobil, BP, etc) acusando-as de contribuirem para as alterações climáticas e exigindo indemnizações pela destruição da indústria do marisco naquela zona. Esta atitude segue o exemplo de cidades como New York e San Francisco e o estado de Rhode Island que também processaram petrolíferas alegando os mesmos motivos. The Guardian.
  • A manter-se o atual estado de emissões poluentes por parte das 20 maiores economias mundiais, as temperaturas planetárias deverão sofrer, nos próximos anos, um aumento médio de 3,2 graus, mais do dobro da fasquia de 1,5 graus estabelecida pelo Acordo de Paris de 2015, alerta a Climate Transparency. Apenas a Índia tem cumprido os objeticos estabelecidos.  «Há uma grande luta por parte da indústria dos combustíveis fósseis contra as renováveis baratas. A velha economia está bem organizada e eles têm aplicado uma enorme pressão de lobbying sobre os governos para que gastem dinheiro dos impostos a subsidiar o velho mundo». RTP.
  • Na Austrália, as indústrias mais poluidoras, - mineração e centaris a carvão -,  estão implantadas em áreas pobres como os vales de Hunter e Latrobe, Mount Isa, Newman e Collie, diz a Australian Conservation Foundation. A poluição do ar mata 3 mil australianospor ano e agudiza problemas de asma, bronquite crónica e outras doenças respiratórias. The Guardian.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue