Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Modelo da NASA consegue prever desenvolvimento e evolução de incêndios florestais

  • Um relatório do governo do Reino Unido que concluía que a extração de gás de xisto aumenta a poluição do ar ficou retido por três anos e só foi divulgado quatro dias depois de os ministros terem aprovado a fraturação hidráulica no Lancashire. The Guardian.
  • Os grandes incêndios florestais já podem ser previstos com uma antecedência de 8 dias. Um modelo desenvolvido pela NASA analisa, entre outros parâmetros, a temperatura, a humidade e a velocidade do vento para indicar a evolução dos incêndios. Via DW.
  • O Canadá vai baixar a taxa prevista para ser aplicada sobre os principais emissores de gases de efeito de estufa após as empresas se terem queixado de que as tornaria menos competitivas com os Estados Unidos. Justin Trudeau, que assumiu o poder em 2015 prometendo combater as alterações climáticas, havia inicialmente proposto uma taxa de 30% sobre as emissões das indústrias em todas as províncias do Canadá que não introduzissem os seus próprios sistemas de taxas de carbono. Reuters.
  • Greensboro, na Carolina do Norte, parou de bombear água de uma estação de tratamento de água depois de encontrar altos níveis de produtos químicos tóxicos, talvez de espuma aolicada no combate a incêndios. AP.
  • O Chile limitou o acesso de turistas à Ilha da Páscoa e às suas monumentais estátuas Moais, para proteger a fauna e a flora daquele território. DN.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue