Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Pesticidas aplicados em pomar de cerejeiras eutrofizam águas da barragem da Marateca

Foto: Ronald Wittek/EPA
  • Pesticidas aplicados por produtor de cereja eutrofizam águas da barragem de abastecimento público da Marateca a milhares de pessoas em Castelo Branco, Fundão e Vila Velha de Ródão. RTP.
  • A Zero interpôs uma providência cautelar contra o que considera ser uma deposição ilegal de resíduos num terreno nas Portas de Ródão e anunciou que vai constituir-se assistente nos processos-crime ambientais. Tudo porque não foram devidamente estudadas alternativas de localização exteriores à área protegida, nomeadamente, os terrenos industriais da empresa Celtejo, e não foi realizado um estudo de impacto ambiental. A Zero considera que a operação em causa implica a realização de ações interditas na área protegida do monumento natural das Portas de Ródão, como a alteração da topografia do terreno, a destruição de vegetação e a deposição de resíduos e a descarga de efluentes. Na semana passada, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, anunciara que a limpeza do fundo do rio Tejo, com a remoção de lamas, deverá iniciar-se na primeira semana de Junho.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue