Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Jacintos de água são uma praga na Ribeira de Muge

Serra de Arga. Foto: Diogo Sá Lima.
  • Algumas autarquias negligenciam a aplicação dos planos contra incêndios, admite a Quercus/Aveiro. Por isso, sugere a contenção da plantação de eucaliptos, a plantação de mais espécies autóctones e a tomada de medidas para atacar a expansão descontrolada de algumas espécies exóticas, como o jacinto-de-água, a acácia e a erva-das-pampas na região. 24Sapo.
  • Os jacintos de água são uma praga na Ribeira de Muge, que atravessa os concelhos de Abrantes, Chamusca, Almeirim e Salvaterra de Magos. Por isso, a deputada do CDS-PP eleita por Santarém, Patrícia Fonseca, questionou o Ministério do Ambiente sobre que medidas está a tomar para combater o problema. O Mirante.
  • Uma central de biomassa residual, que vai permitir reduzir os lixos depositados em aterro, está em vias de se instalar no Eco Parque do Relvão, na Carregueira, concelho da Chamusca. A central vai receber resíduos florestais, agrícolas e resíduos verdes, resultantes das podas e restos de jardins, sendo possível aproveitar 1725 toneladas por ano de cinzas para utilização como fertilizantes dos solos. O Mirante.
  • Da pocilga para a iluminação pública – uma inovação da Inglaterra profunda de Malvern Hills. Brian Harper já testou o equipamento e garante que 10 sacos de fezes de porcos podem produzir eletricidade durante 2 horas. The Guardian.
  • As tartarugas do Pacífico estão a parir muito mais fêmeas do que machos. Dizem os investigadores que a relação é de 116 para 1. Tudo por causa da subida da temperatura das águas do mar. NG.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue