Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sábado, 19 de agosto de 2017

Mais três guardas florestais e um conservacionista assassinados

Índia. Foto de Biju Boro/AFP/Getty Images. Imagem colhida aqui.
  • A Noruega apregoa a sua pequena pegada de carbono, mas prepara-se para avançar com a extração de gás e petróleo no Ártico. DW. Viva a hipocrisia!
  • Três guardas florestais foram mortos e um outro está desaparecido após um ataque dos rebeldes da Mai Mai no parque nacional de Virunga, na República Democrática do Congo, elevando o número de mortes neste parque este ano para oito. O parque nacional de Virunga é patrimônio mundial da Unesco, lar de três espécies de grandes macacos e outras espécies ameaçadas de extinção, incluindo o okapi  e elefantes. Entretanto, um reconhecido conservacionista de elefantes foi abatido a tiro na Tanzânia quando seguia, de táxi, do aeroporto de Dar es Salaam para o hotel. Já tinha sido vítima de várias ameaças de morte relacionadas com o seu trabalho como dirigente da Fundação PAMS, uma organização de defesa de elefantes e de apoio a comunidades locais.
  • A legislação brasileira vai permitir que os transgressores ambientais troquem multas milionárias por investimentos em projetos de recuperação com desconto até 60% da penalização original. Reuters. É o que acontece nos EUA, onde, para além de uma reduzida coima, o prevaricador é intimado a «investir» certa quantia em equipamentos, infraestruturas ou medidas de correção às irregularidades registadas. 
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue