Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

O melão é da Monsanto?


Alguém consegue calcular a pegada ecológica dos bares de praia de Espinho?

  • Carneiros vão aparar relva dos campos e jardins de escolas de Carlisle, Pensilvânia. PennLive
  • O melão já tem patente. É da Monsanto, que a conseguiu em Maio passado, após muita pressão junto de autoridades europeias. No Patents on SeedsJá há gente a acusar a gigante dos transgénicos de biopirataria, uma vez que a verdadeira origem da semente do melão é chinesa e não europeia.
  • 5º agricultor brasileiro assassinado num mês na Amazónia. Obede Loyla Souza, de 31 anos, foi encontrado morto com um tiro no ouvido numa zona de floresta densa perto de Esperança, Pacajá, no estado do Pará. Público.
  • Quando é que Angola fala de projetos ambientais em concreto? É que notícias quase diárias deste tipo já não parecem ser informação. Parecem outra coisa. Não, não é o que estão a pensar. Parecem Relações Públicas ou, se quiserem, mais chique, Public Relations. Ou preferem Greenwash?
  • Arroz transgénico tem sido introduzido ilegalmente na China apesar de garantias dadas em sentido contrário, admitem as autoridades chinesas.
  • Fukushima atualizada: 34 mil crianças de Fukushima vão pôr na mochila aparelhos para medir radioactividade. PúblicoQuanto custa cada equipamento? Quem o paga? O equipamento protege as crianças de radiações? Que grande negócio!
Share:

4 comments:

João Paulo Forte disse...

Aqui, no campus da universidade em que estou, no Brasil, são os cavalos que aparam a relva, mesmo à frente da reitoria. É uma brilhante solução (natural para os brasileiros e inadmissível para "nós" tugas), poupa-se dinheiro, pois não tem de se comprar um corta-relva nem mesmo gasolina e ainda se tem um meio de transporte ecológico para a patrulha dos seguranças em todo o campus da universidade (em vez de terem de comprar motorizadas para o fazer). As melhores soluções para os problemas são as mais simples, para quê complicar?!
Abraço
João Forte

OLima disse...

Obrigado, João, pelo seu comentário muito substancial. Realmente as melhores soluções para problemas são muitas vezes simples de resolver.

Fada do bosque disse...

Não, não é inadmissívelpara os tugas... em Gaia e memo junto da auto-estrada nº1, anda constantemente um pastor com as suas cabras, para estas apararem a relva...

João Paulo Forte disse...

Sim, eu sei que há casos como esse, mas são excepções e não a regra. Falei genericamente e a minha referência deverá ser assim compreendida, daí a referência ao "inadmissível". Temos de ser autocríticos conosco próprios, pois é assim que aprendemos e evoluímos enquanto pessoas e profissionais.
Cumprimentos
João Forte

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue