Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Coelho contra a queima de lamas


  • A remoção de resíduos tóxicos e perigosos junto à ETAR de Alcanena vai custar mais de quatro milhões de euros. No Barreiro, a retirada, já em curso, de lamas de zinco dos terrenos da Quimiparque custa quatro milhões de euros. Uma terceira acção de limpeza ambiental vai decorrer nos terrenos da antiga Siderurgia, no Seixal, e custará 2,8 milhões de euros. CM.
  • A Pedreira da Barrosinha, em Reguengo do Fetal, Batalha, vai finalmente ser requalificada, tendo a autarquia da Batalha e congéneres vizinhas apresentado uma candidatura ao Programa Operacional Regional do Centro. Tinta Fresca.
  • O presidente da Câmara de Sines, Manuel Coelho, prefere sistema para tratar lamas oleosas depositadas no aterro da Maria da Moita, em vez de serem queimadas, como quer o Ministério do Ambiente. Público.
  • Há quem queira eliminar uma ciclovia recentemente implantada em New York. Dizem que lhes limita a faixa de rodagem dos seus automóveis. E já meteram a questão em tribunal. NYTimes.

Inspire-se e dê asas à sua criatividade: expresse o seu amor pelos rios através da música e da dança, fale contra as violações de direitos humanos com pinturas e fotografias, e exija um melhor modelo de gestão de energia e água através de poesias e palavras.

Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue