Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Mão pesada

  • «O Supremo Tribunal de Espanha confirmou a sentença do Tribunal Provincial da Corunha, segundo a qual o comandante do petroleiro Prestige e a seguradora The London P&I Club devem pagar 1,6 mil milhões de euros de compensações pelos danos resultantes do afundamento do navio, ao largo da Galiza, em 2002. De acordo com a decisão, 1,57 milhões de euros são devidos a Espanha e 61 milhões de euros são devidos a França, por danos provocados por um dos piores desastres ambientais de sempre na Europa e que poluiu 3 mil quilómetros de costa marítima em Espanha, França e Portugal, afectando a vida marinha e a indústria pesqueira locais.» JE do Mar. Mais informação sobre o caso Prestige, aqui.
  • A Whites Recycling Ltd, sedeada em Mill Lane, South Witham, Lincolnshire, foi multada em 20 mil libras por responsabilidades na poluição do rio Tees. GovUK.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue