Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Inglaterra: GMB defende renacionalização das empresas de águas

  • Os patrões das 9 empresas de água privatizadas da Inglaterra receberam 58 milhões de libras em salários e benefícios nos últimos cinco anos, enquanto os clientes enfrentavam aumentos acima da inflação nas suas faturas de água, denuncia a GMB, que defende a renacionalização do setor
  • A Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA) afirma que os poços artesianos implantados pela concessionária de abastecimento de Itabirito para a unidade da Coca-Cola (chamada "Fábrica da Felicidade") estão a secar nascentes dos rios Paraopeba e das Velhas – responsáveis por quase toda a água de Belo Horizonte. Os poços também estariam a colocar em xeque o rico ecossistema do monumento natural da Serra da Moeda. «Há uma redução significativa na vazão das nascentes em toda a região», explica Francisco Mourão, biólogo da AMDA. Diz que, desde que a fábrica começou a operar, várias comunidades, principalmente do lado de Brumadinho e de Moeda, viram os seus lençóis freáticos baixar. A própria Coca-Cola chega a abastecer esses locais com camiões cisterna. DW.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue