Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Demasiadas unidades de produção de pellets

Trilho da Algarvia à Vila do Nordeste com passagem pelo Pico da Vara, S. Miguel-Açores.
Foto de Paulo Machado 3set2017.
  • A Acréscimo considera que o ministério da Economia licenciou demasiadas unidades de produção de pellets e de utilização de biomassa florestal dita residual, o que compromete a sustentabilidade das florestas em Portugal. Exige, por isso, uma avaliação independente do impacto dos licenciamentos concedidos.
  • Queixas de moradores por causa do ruído noturno e mau ambiente impõem fecho à meia-noite de bares e restaurantes na doca seca de Telheiras. O Corvo.
  • A Agere está a utilizar o Vinagre de Álcool, um produto obtido a partir de álcool destilado pelo processo biológico da fermentação acética e que, apesar do seu odor característico, não apresenta nenhum risco específico para o meio ambiente, ao contrário dos herbicidas até agora usados e que contêm glifosato, uma substância potencialmente cancerígena. Correio do Minho.
  • A câmara da Covilhã e a Siemens SA estabelecem parceria estratégica na produção de energia. O desnível assinalável, de cerca de 1000 metros, entre a barragem da Cova do Viriato e os locais de consumo no Concelho da Covilhã, poderá permitir a produção de energia elétrica. A Câmara Municipal da Covilhã equaciona a possibilidade de disponibilizar para este fim o sistema de armazenamento e distribuição de água, de uma forma supletiva, tendo sempre como prioridade o abastecimento público e a qualidade da água a distribuir as populações. DD.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue