Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Je suis Fernando Pereira


  • 10 julho 1985: a secreta francesa coloca bombas no Rainbow Warrior, um navio da Greenpeace, na ocasião no rasto de ensaios nucleares franceses no Pacífico. Fernando Pereira, fotógrafo português, de Vila do Conde, morre. A polícia neozelandesa prende dois agentes secretos franceses por posse ilegal de passaporte. Os detidos admitem participação no ato de sabotagem e são condenados a 10 anos de prisão. A França retalia e impõe um embargo à importação de produtos neozelandeses para a Europa. As Nações Unidas obrigam a França a levantar o embargo e a pagar uma indemnização de 7 milhões de dólares à Nova Zelândia. Esta devolve os detidos à França. A França indemniza a Greenpeace em 8 milhões. Os dois agentes secretos são, pouco depois, libertados e promovidos. Anos mais tarde, descobre-se que um deles é patrão de uma fábrica de armas que as comercializa para a Nova Zelândia e para a secreta norte-americana. Não consta que Fernando Pereira tenha AINDA merecido nome de praça ou de rua.
  • Sabe-se que os fertilizantes estimulam o crescimento de florações de cianobactérias tóxicas em água doce, mas um estudo recente mostra que os micróbios aquáticos são condutores de nitrogénio e de fósforo, podendo amplificar os efeitos dos poluentes e das alterações climáticas e assim estimular ainda mais a sua floração. 
  • A proibição de aterros, a estagnação dos programas de reciclagem e o recorde de produção de resíduos está a fazer das incineradoras a solução para muitos estados, como a Florida, Massachusetts, Nevada, Virginia e Wisconsin.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue