Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

domingo, 20 de julho de 2014

Espinho recebe mais de um milhão para enrocamento de 500 metros


Paramos 26fev2014 - a empresa Irmãos Cavaco aplica enrocamento de proteção à ETAR de Espinho. Em primeiro plano, podem ser vistos os rombos feitos pelo mar, durante as tempestades de inverno, no esporão a sul da Capela de S. João.
  • Espinho vai receber 1 milhão e 100 mil euros do Fundo de Coesão para fazer um enrocamento de 480 metros entre a Capela de S. João e o esporão a sul, em Paramos. Citada pelo semanário Maré Viva de 2 de julho de 2014, a Assembleia de Freguesia de Paramos, reunida em 30 de junho, mostrou-se desagradada pelo facto deste obra  ter sido agendada para iniciar-se em setembro. 
  • Portugal vai ter mais de 4 mil milhões de euros para projetos relacionados com adaptação e mitigação das alterações climáticas, no âmbito do acordo de parceria relativo aos fundos estruturais até 2020, anunciou o ministro do Ambiente Jorge Moreira da Silva. Água, gestão de riscos de incêndios e proteção da costa são algumas das áreas envolvidas.
  • O Infarmed alerta para aumento do comércio de sabonetes ilegais de fabrico artesanal, alegando perigo para serem confundidos com géneros alimentícios. O Infarmed anda preocupado com a concorrência artesanal. Devia antes preocupar-se e alertar para o facto de muitos produtos de limpeza serem vendidos em recipientes que sugerem refrigerantes e como tal podem ser confundidos por crianças.
  • Duas em cada 3 fatias  de pão vendido no Reino Unido regista resíduos de pesticidas, revelam dados colhidos por organismos governamentais. E 25% das fatias analisadas continham mais do que um pesticida.
  • “Aceito que haja uma multa de 500 dólares para quem, nesta seca, regar o jardim na Califórnia e 85 mil dólares pela evacuação aérea de alguem perdido nas escarpas do parque Yosemite, porque são problemas provocados pelas pessoas. Não entendo os 11 mil dólares de multa aplicados à Freedom Industries, responsável pelo derrame de substâncias químicas perigosas no rio Elk e que contaminaram as águas que abastecem os habitantes de Charleston, na West Virginia. Serão demasiados grandes para serem punidas?" Carl Pope in EcoWatch.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue