Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 18 de julho de 2019

Espanha: recorde de baixo consumo de energia proveniente de centrais a carvão

  • A presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen, eleita por uma pequena margem de 9 votos, estabeleceu, no seu discurso de tomada de posse, o combate à crise climática como sua primeira prioridade. «É um discurso redondo que tenta agradar a generalidade do statu quo, mas que a nós não nos convenceu», declarou Francisco Guerreiro (PAN). «Ela fala em objetivos climáticos, e depois não diz nada relativamente, por exemplo, ao acordo do Mercosul, que tem um grande impacto na pegada carbónica. As metas climáticas também são um pouco mais ambiciosas em termos de retórica, e depois não concretiza. Não fala em agropecuária intensiva, não fala em modos de produção de alimentos mais ecológicos, nomeadamente relacionados com a agricultura. Não fala de uma estratégia de proteção dos solos, de uma estratégia para a ferrovia», concretizou. «Foram uma espécie de medidas avulsas para agradar a toda a gente. Ou se está do lado do combate às alterações climáticas ou da militarização, porque não há recursos para tudo», criticou Catarina Martins (BE). Fontes: The Guardian, Notícias ao minuto e 24Sapo
  • Os preços do carbono no Sistema de Comércio de Emissões da EU subiram para um nível recorde, com os poluidores e os investidores especulativos lutando por créditos no meio de uma repressão ambiental da EU. Os preços subiram um quinto este ano e atingiram € 29 por tonelada de emissões esta semana, o dobro do nível alcançado em janeiro do ano passado. Via Carbon Brief.
  • Desde 1990 que nunca se tinha registado um consumo tão baixo de energia produzida pelas centrais a carvão de Espanha. Teoricamente, as centrais a carvão deviam estar trabalhar em pleno, uma vez que não tem chovido, os níveis das albufeiras estão baixos e o vento tem sido escasso. Há duas razões para o fenómeno: Por um lado, o preço de emissão de CO2 no mercado europeu de carvão está muito alto, acima de € 26 por tonelada emitida para a atmosfera, o que fez as centrais a gás natural produzirem mais energia uma vez que as suas  emissões são inferiores a metade das emissões do carvão. Por outro, o gás apresenta-se com preços muito competitivos. Isso significa que o chamado imposto “green cent”, que o governo aboliu para o gás, mas manteve para o carvão, também está causando impacto. El País.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue