Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sexta-feira, 28 de junho de 2019

Bico calado

  • «Mais do que atacar clubes de futebol e empresários de jogadores, Rui Pinto é agora suspeito de piratear o Estado Português. A Polícia Judiciária e o Ministério Público encontraram indícios de que o hacker entrou nos e-mails do antigo diretor do DCIAP, Amadeu Guerra, e da ex-procuradora geral distrital de Lisboa, Maria José Morgado. Indícios que foram expressos pelo MP no pedido de declaração de especial complexidade.» Sábado. «Portugal, país seguro! onde se investe à brava em ciber-segurança, tanto q até os procuradores da República ficam à mercê da curiosidade de putos habilidosos! Quem precisa de espiões russos ou americanos? Chato, chato, são os escritórios de advogados q trabalham p/ os criminosos...» comenta Ana Gomes.
  • Um grupo de políticos britânicos de vários quadrantes partidários, a favor e contra o Brexit, acaba de processar a Polícia por esta nada ter feito contra «colegas» que violaram leis para conseguirem determinados resultados eleitorais. «A Comissão Nacional de Eleições multou duas campanhas principais pró-Brexit - Vote Leave e Leave.EU. A Vote Leave foi multada em £ 61.000 por quebrar os limites de gastos. Esta foi a campanha que foi liderada por vários ministros do governo, incluindo o homem que agora é o principal candidato a ser o nosso próximo primeiro-ministro, Boris Johnson», escreve Caroline Lucas. «O desprezo da Vote Leave pela lei não terminou aí. Ele até se recusou a ser entrevistado pela Comissão Eleitoral e destruiu documentos importantes. Por outro lado, a campanha anti-UE Leave.EU - Nigel Farage - foi multada ainda mais (£ 70.000) por uma série de delitos, incluindo a quebra do limite de gastos de campanha, relatórios imprecisos de empréstimos recebidos e não ter sido claro sobre quem havia fornecido o dinheiro. Também falhou em declarar serviços recebidos de uma organização de campanha dos EUA». A Comissão Nacional de Eleições cumpriu a sua tarefa e entregou à Polícia 2 mil documentos de provas das violações cometidas. Como a Polícia até agora nada fez e se tem remetido ao silêncio, estes políticos avançaram com o processo.
  • «El País recebe o prémio de jornalismo da FAO pela sua cobertura contra a fome. A organização da ONU reconhece o compromisso do jornal com informações "atraentes, constantes, coerentes e inovadoras" sobre segurança alimentar e nutrição.»
  • Merkel imita Bolsonaro: viajou com um avião de reserva para a Cimeira do G20 em Tóquio. Não fosse a informação veiculada pela insuspeita Deutsche Welle e eu diria que era notícia falsa.
  • Masroor Ali Siyal, líder do partido do governo no Paquistão, atacou o jornalista e presidente do Karachi Press Club, Imtiaz Khan, durante um programa televisivo.


Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue