Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Suécia avança com projeto pioneiro de carregamento de veículos elétricos

Foto: Stuart Pimm/NG.
  • Cerca de 2 km de trilhos elétricos foram embutidos numa estrada perto de Estocolmo para carregamento de veículos. Neste projeto pioneiro a nível mundial, a estrada eletrificada é dividida em seções de 50m, com uma seção individual alimentada somente quando um veículo se encontra por cima dela. Quando o veículo pára, a corrente é desligada. O sistema é capaz de calcular o consumo de energia do veículo, o que permite que os custos de eletricidade sejam debitados por veículo e utente. Este «carregamento dinâmico», ao contrário do uso de postos de carregamento na estrada, significa que as baterias do veículo podem ser mais pequenas e a sua produção também ser mais barata. Embora 1 km custe 1 milhão de euros, o custo da eletrificação é 50 vezes inferior ao necessário para construir uma tradicional linha de elétrico urbano. The Guardian.
  • O governo da Nova Zelândia não concederá novas licenças de exploração de petróleo em alto-mar, o que foi saudado por grupos ambientalistas como uma vitória histórica na luta contra as alterações climáticas. The Guardian.
  • O milionário indonésio Anthoni Salim é acusado de usar empresas de fachada para desmatar floresta para produzir óleo de palma. O mais recente crime ambiental levado a cabo por empresa da sua responsabilidade foi a destruição de uma zona húmida de turfa em Borneo. Todas estas operações causaram tanto impacto que até mesmo o mui insuspeito Citigroup  anunciou que cancelou todos os acordos de empréstimo com a IndoAgri, o braço de agronegócios do Grupo Salim. O Grupo Salim já tinha sido acusado de estar por trás de quatro empresas na vanguarda da expansão ilegal de dendezeiros na região de Papua, na Indonésia, empregando uma complexa rede de diretorias compartilhadas e empresas offshore para ofuscar as suas responsabilidades. Mongabay.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue