Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Reflexão: «Mais um desabafo sobre o mel e apicultura»


«É comum ver consumidores de mel a insinuarem que o mel tem açúcar amarelo quando ele cristaliza e até o deitam fora. Nada mais errado. A cristalização é um processo natural e até pode indicar boa qualidade. Mel cristalizado é fantástico para barrar pão. Se querem de novo líquido basta colocar em banho-maria até voltar ao estado líquido. Como a temperatura ideal para o mel cristalizar é 14C podem colocar o mel no frigorífico quando a temperatura dentro de casa chegar perto dos 14C, o frio reduz e até pode parar completamente a cristalização e não afeta as boas qualidades do mel.

O que as pessoas não conseguem ver no mel é que é perigoso. Há. por exemplo, gente a tratar as colmeias com amitraz (produto muito usado para matar pulgas em animais). Outros usam e abusam de alimento artificial, como, por exemplo, a frutose mas também açúcar granulado. Há também outros casos ainda mais graves mas é melhor nem falar neles.

Comprem apenas mel diretamente ao apicultor e exijam que o apicultor use só produtos e métodos que não deixem resíduos no mel e nas ceras.

A desculpa de usar amitraz (muita vez é apenas tiras de cartão impregnadas com o produto) ou outro veneno qualquer por falta de tempo para usar outros produtos ou métodos é, no meu entender, uma falta de respeito para com o consumidor e ainda por cima causa uma seleção por parasitas resistentes a esses produtos enquanto que se mantêm abelhas vivas artificialmente que não conseguem sobreviver sem ajuda do apicultor e de produtos como o amitraz.

(Não me importo se com estes desabafos outros apicultores fiquem zangados ou chateados comigo. O mel é um produto natural com características medicinais e ao produzirem-no com produtos como o amitraz estão a contaminar o mel e assim, de certa forma, a enganar os vossos clientes).» 
Paulo Jmd Silva, FB.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue