Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Ministro puxa as orelhas aos suinicultores de Leiria

Ribeira dos Milagres, em 5mai2017. Imagem colhida aqui.

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, deu um prazo de 4 meses aos suinicultores para encontrarem uma solução para o tratamento de efluentes sob pena de sofrerem medidas duras da tutela. «Se dentro de 120 dias não houver condições para começar a construção [da Estação de Tratamento de Efluentes Suinícolas], posso garantir que o Ministério do Ambiente será o mais duro possível com aqueles que não cumprem e são obrigados a cumprir», avisou. 
Apesar de sublinhar que a solução tem de partir dos empresários do setor, o ministro admitiu que poderá haver outra solução do Governo, mas que será muito mais dura para os industriais. «Os esgotos das suiniculturas, como em qualquer setor industrial, têm de ser tratados por quem produz esses mesmos esgotos», acrescentou. 
Matos Fernandes considerou a atitude dos suinicultores grave: “É grave e não pode ficar como está. Os fundos ainda não se perderam, mas o Estado não se pode substituir a estas empresas como não se substitui às outras empresas industriais e agroindustriais que poluem. São mesmo elas que vão ter de resolver o problema». 
Para João Pedro Matos Fernandes, «quem é responsável pelo tratamento dos esgotos é quem produz esses mesmos esgotos», aliás, «o custo pelo qual os produtos são vendidos têm que incorporar necessariamente o valor que é também despendido com o tratamento dos esgotos. É assim em todos os setores e quando os setores não conseguem fazer isso não podem continuar a existir», avisou o governante. Jornal de Leiria.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue