Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Alemanha: mais uma central nuclear demolida

  • A central nuclear Mülheim-Kärlich foi demolida de forma inédita. Tinha sido encerrada em 1988, após pouco mais de ano de atividade. Problemas de licenciamento e preocupações com o risco de terramotos na área forçaram a decisão. Esta não é a única central nuclear alemã a ser demolida nos últimos anos. O acidente nuclear de Fukushima, no Japão em 2011, assustou Berlim que, desde então, tem acelerado o processo de eliminação das centrais nucleares do país. Das 17 existentes no país na altura, oito foram imediatamente desativadas. As sete que ainda estão em atividade devem fechar até 2028. Visão. Entretanto, as 3 torres de refrigeração da central a gás de Didcot A, em Oxfordshire, foram demolidas no domingo de manhã, relata o The Guardian.
  • A refinaria da Shell em Beaver County, Pensilvânia, mereceu a visita de Trump. A gerência convidou os colaboradores a estarem presentes e absterem-se de atitudes impróprias, garantindo-lhes o pagamento de horas extraordinárias. Considerando que que um colaborador da Shell ganha cerca  de 700 dólares por dia, cada um dos que fizeram figura de presença e ajudaram a colorir as notícias da visita de Trump terão recebido cerca de 1050 dólares, garantiu um líder sindical. O evento foi considerado ação de formação paga que contou com a presença de Trump como orador convidado. Pittsburgh Post-Gazette.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue