Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Bico calado

  • «Acabei de ouvir o Alexandre Soares dos Santos a dizer mal dos políticos, a chamar ladrões a todos na TVI24. O diretor do canal não lhe perguntou por que razão ele recebe os dividendos das ações do grupo Jerónimo Martins na Holanda onde paga apenas 5% quando aqui pagaria 50% e diz que o dinheiro não lhe interessa e serve apenas para ter condições de vida boas.» Dieter Dellinger, FB.
  • «Os partidos decidiram fazer outra comissão de inquérito à gestão da Caixa Geral de Depósitos. Sabendo que os deputados não têm como tarefa fazer investigações criminais nem análises de crédito e tendo sido já apuradas as responsabilidades políticas em duas comissões, basicamente com o mesmo objeto, não se percebe bem para que servirá esta. Melhor, percebe-se. Vai servir para fazer campanha eleitoral. Não vai descobrir-se nada que já não se soubesse, mas vamos andar semanas a fio a ver acusações acaloradas sobre a responsabilidade do outro, enquanto se vai arrastando o nome da CGD pela lama pela enésima vez - louve-se o PCP por se ter demarcado deste embuste. Tendo tido o CDS a iniciativa desta comissão, gostava de ter visto Celeste Cardona e Paulo Portas a propô-la, mas estou convencido de que vão ser chamados a depor.» Pedro Marques Lopes, DN.
Montagem: Ambiente Ondas3

Algumas das intervenções mais notórias dos EUA na América Latina:
  • 1846: Os EUA invadem o México e capturam a Cidade do México em 1847. Um tratado de paz forçado no ano seguinte dá aos EUA mais da metade do território do México, o que é hoje a maior parte do oeste dos Estados Unidos.
  • 1903: Os EUA fabricam a independência do Panamá da Colômbia e obtêm direitos de soberania sobre a zona onde o Canal do Panamá iria ligar as rotas marítimas do Atlântico e do Pacífico.
  • 1903: Após a Guerra Hispano-Americana, Cuba e os EUA assinam um “tratado” que permite o controle quase total dos assuntos cubanos pelos EUA. Os EUA estabelecem uma base naval na Baía de Guantánamo. Os fuzileiros navais dos EUA intervêm repetidamente na América Central e no Caribe durante o primeiro trimestre do século XX, muitas vezes para proteger os interesses comerciais dos EUA.
  • 1914: Tropas dos EUA ocupam o porto mexicano de Veracruz durante sete meses para tentar influenciar os acontecimentos na Revolução Mexicana.
  • 1954: O presidente da Guatemala, Jacobo Arbenz, é derrubado num golpe apoiado pela CIA.
  • 1961: A invasão da Baía dos Porcos, apoiada pelos EUA, não derruba o líder cubano Fidel Castro, mas persistem as tentativas de assassinar Castro e derrubar o seu governo.
  • 1964: O presidente João Goulart, do Brasil, é derrubado num golpe apoiado pelos EUA que instalam uma ditadura militar que dura até os anos 80.
  • 1965: Os EUA intervêm na guerra civil da República Dominicana.
  • 1973: Um golpe militar apoiado pelos EUA derruba o presidente democraticamente eleito do Chile, Salvador Allende. Ele é substituído pelo general Augusto Pinochet, que impõe um regime militar brutal e embarca num programa  norte-americano de privatizações e desregulamentação económica. 
  • 1970s: A Argentina, o Chile e as nações sul-americanas aliadas lançam uma campanha brutal de repressão e assassinato, visando esquerdistas, conhecida como Operação Condor, muitas vezes com apoio dos EUA.
  • 1980s: A administração Reagan apoia as forças Contra contra o governo sandinista da Nicarágua e apoia o governo salvadorenho contra os rebeldes esquerdistas da FMLN.
  • 1983: Forças norte-americanas invadem a ilha de Granada após acusar o governo de se aliar a Cuba.
  • 1989: Os EUA invadem o Panamá para expulsar o homem forte (e agente da CIA) Manuel Noriega.
  • 1994 - Uma invasão do Haiti liderada pelos EUA é lançada para remover o governo instalado por um golpe de 1991 que derrubou o presidente Jean-Bertrand Aristide. A invasão restaura Aristide, que mais tarde é novamente derrubado por um golpe apoiado pelos EUA em 2004.
  • 2002: O presidente venezuelano, Hugo Chávez, é demitido durante dois dias num golpe apoiado pelos.
  • 2009: O presidente hondurenho Manuel Zelaya é deposto pelos militares num golpe apoiado pelos EUA.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue