Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Bico calado

  • A Unidade de Medicina Nuclear do Hospital Dr. Nélio Mendonça, paga em 85% por fundos europeus, está a funcionar em cerca de 15,%. Os doentes que necessitam de exames são encaminhados para uma empresa privada, a antiga Quadrante, hoje grupo Joaquim Chaves Saúde. A reportagem da TVI denuncia, ainda, que a Quadrantes, durante seis anos, chegou a fazer milhares de exames sem estar devidamente licenciada pela Direção Geral de Saúde.
  • 7 irmãos morreram num incêndio. Aconteceu em Halifaz, Toronto. Eram refugiados sírios. Huffington Post.
  • As autoridades de ocupação israelitas permitem que grandes empresas farmacêuticas realizem testes em prisioneiros palestiannos e árabes, revelou a Nadera Shalhoub-Kevorkian citando dados da sua investigação para projeto da Hebrew University. Já em julho de 1997 se sabia que o Ministério da Saúde de Israel havia dado às empresas farmacêuticas permissão para realizar milhares de testes de novos medicamentos em presos. MEM.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue