Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

EUA: procura externa recupera o carvão

Cabo Sardão. Foto: Luís Afonso 1mai2018.
  • Produtos químicos de uma fábrica de carbonato de sódio perto de uma cidade no norte da Bósnia contaminaram um rio, matando peixes e danificando terrenos agrícolas vizinhos. O derrame ocorreu em Lukavac, quando um dique colapsou na fábrica da Sisacam Soda Lukavac, uma subsidiária da fabricante de produtos químicos da Turquia, a Soda Sanayi. Reuters.
  • A zona à volta de Longa Mali, no leste dos Camarões, foi durante algum tempo uma das mais valorizadas da África, e máquinas poderosas dela extraíram ouro. Hoje, abandonada, a paisagem é muito perigosa: 100 enormes e profundos poços evocam toda a cobiça passada. Entretanto, dezenas de pessoas de várias aldeias vizinhas já morreram, vítimas de2 quebradas e deslocamentos de terras. AFP.
  • A indústria carbonífera norte-americana voltou a faturar devido à procura externa, nomeadamente por parte da Índia, Coreia do Sul e Japão, e não devido às opções de Trump, escreve Ed Crooks no Financial Times de 1 de maio. Contra as promessas de Trump, o carvão conseguiu criar apenas 800 empregos desde janeiro de 2017. A indústria do carvão sofre convulsões: perante dívidas de 5,2 biliões de dívidas, a Peabody Energy declarou falência em 2016; a Alpha Natural Resources declarou falência em 2015, tendo sido adquirida pela Contura Energy, que, a semana passada, anunciou uma nova fusão. A eletricidade produzida a partir do carvão registou um decréscimo de 2% em 2017 e poderá descer mais 3% em 2018. A política de desregulamentação do setor não parece ajudá-lo…
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue