Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Bico calado

  • Que fazer quando um repórter, num direto, refere o envolvimento da secreta MI6 em tortura? Arranja-se um truque. Foi o que a BBC fez: arranjou uns problemas técnicos para o interromper e calar. Youtube (50”)
  • O italiano Gilberto Pacchiotti, 77 anos, vive há 25 anos em Cabo Verde. Criou a ‘Cabo Verde Importe, Lda’, em 2008, em Madeiralzinho, São Vicente. «Otimizou» os impostos numa conta na Suíça, através do HSB Private Bank. O fisco cabo-verdiano vai perder uma pipa de massa porque o Estado deixou vencer o prazo legal estipulado para cobrar os impostos devidos. O escândalo foi provocado por investigações do fisco italiano. Uma antiga senhoria queixa-se de que ele lhe deve meses de renda. Pacchiotti tem, pelo menos, dois passaportes, representando duas nacionalidades distintas: italiana e neozelandesa. O seu sócio Djimi, com dupla nacionalidade - cabo-verdiana e portuguesa -, está referenciado na Polícia Judiciária, por supostamente colaborar com traficantes em atividades criminosas ligadas ao mar em S. Vicente. Cenozo.
  • O Lord Mayor de Dublin diz que a Irlanda devia boicotar o Festival da Eurovisão de 2019 em solidariedade para com o povo palestino. Dublin Live.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue