Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

domingo, 27 de setembro de 2015

Reflexão - Porque é que uma economia competitiva pode significar menos competitividade

Imagem retirada daqui.

Já em 1994 Paul Grugman defendera que o conceito de competitividade, quando aplicado a economias nacionais, era vazio de sentido e perigoso.
1 Quando os políticos falam de competitividade económica nacional eles referem-se principalmente às exportações. Mas numa economia com pequeno comércio internacional o crescimento do nível de vida depende de fatores domésticos, essencialmente o nível de crescimento de produtividade. Assim, esses políticos estão a usar o conceito de competitividade no sentido de produtividade.
2 Ao compararem uma nação com um negócio, os governos mais não pretendem senão justificar os benefícios fiscais para os ricos, a desregulamentação, os ataques aos sindicatos, os cortes nos serviços públicos, tudo isso para alegadamente se ganhar vantagem sobre as outras economias nacionais.
3 A obsessão com a competitividade é prejudicial. Levado ao extremo, o conceito poderá provocar guerras comerciais e protecionismo quando os líderes políticos sempre que os seus países não conseguirem competir em igualdade. Este conceito pode ainda reforçar sentimentos de xenofobia e racismo.
4 Mesmo numa economia totalmente orientada para o mercado interno, os investidores poem vender as suas ações a outra empresa e mobizar o seu dinheiro para o estrangeiro onde consiguem mais e melhores lucros.
5 Os países não podem ser tratados como empresas. Os países não vão à falência.
6 Em suma: a agenda da cometitividade tenderá a reduzir essa mesma competitividade nos mercados onde ela é imposta. Só as grandes multinacionais podem fugir para jurisdições estrangeiras; as pequenas não podem fugir. Por isso as grandes multinacionais ficarão sempre em vantagem, acabando por esmagar as pequenas empresas. O resultado final será: as maiores ficam maiores, as pequenas desaparecerão. Consequentemente, haverá menos competitividade nos mercados, o que, refletindo-se no sistema bancário, representará uma enorme ameaça para a estabilidade financeira.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue