Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

sábado, 6 de outubro de 2012

Bico calado

  • 5 outubro bandeira hasteada de pernas para o ar por Cavaco e António Costa. A propósito desta cena, vale a pena ler o que José AntónioBarreiros escreveu.
  • Pânico no 5 de outubro, por Kaos.
  • “A democracia portuguesa está doente, diria mesmo moribunda, contaminada pela corrupção. É hoje uma ditadura mascarada de democracia”, disse Vasco Lourenço na sessão de abertura do Congresso Democrático das Alternativas, na Aula Magna, em Lisboa.
  • O governo de Passos-Portas usa linguagem salazarista, diz o bispo das Forças Armadas D. Januário citado pela TSF.
  • “Claro que esta passividade é aparente, e que o ‘país de costumes brandos e hábitos morigerados’ não é o bovino manso que quase todos proclamam. Basta ter um módico conhecimento de História para se saber que as coisas não ficam por aqui. E que o esticar da corda não cabe no infinito: acaba por se partir. Então, as consequências serão imprevisíveis. As responsabilidades vão ser atribuídas a quem?” Baptista Bastos in O enxovalho de António José Seguro, JNegócios 3out2012.
  • José Mujica, presidente do Uruguai, doa 90% do seu salário, levando para casa 968 euros por mês em vez de 9.680. Mujica, de 77 anos, também se recusa a viver na residência oficial, preferindo viver numa casa rural da sua mulher. O seu mais valioso investimento é uma Volkswagen Carocha, no valor de 1.500 euros.
Share:

3 comments:

OLima disse...

5 outubro bandeira hasteada de pernas para o ar por Cavaco e António Cost - O movimento cívico Tugaleaks apresentou uma queixa contra o Presidente da República e o Presidente da Câmara de Lisboa por "ultraje de símbolos nacionais", disse o fundador daquele grupo.

Recorde-se que as comemorações oficiais do 5 de outubro, em Lisboa, ficaram marcadas pelo hastear da bandeira nacional com o escudo ao contrário, na Praça do Município.

"Apresentámos a queixa [esta manhã no Posto Territorial da GNR do Pinhal Novo, distrito de Setúbal] tendo em conta uma base legal, que existe no código penal. Falo do ultraje de símbolos nacionais, e a bandeira é um símbolo nacional", revelou à Lusa o fundador do Tugaleaks, Rui Cruz.

Rui Cruz recordou que, "em 2009, o Governo do PS quis processar a SIC Radical [canal de televisão] por ter usado a mesma bandeira ao contrário". Por isso, "nós achámos que havia meios legais para tentar processar".

Admitindo que é "algo quase inédito" processar o Presidente da República e o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Rui Cruz sublinha tratar-se de "responsabilidades que tem que se apurar e o povo merece uma explicação".

"Não tem que se pedir uma desculpa ao Presidente, mas sim ao povo", afirmou, referindo-se à carta que o autarca António Costa enviou a Cavaco Silva, em que pede desculpa pelo "desagradável incidente" e assume as "responsabilidades" pelo sucedido.

A queixa foi apresentada contra Cavaco Silva e António Costa, por serem "as pessoas que se assumiram, um como responsável material, por ter puxado a bandeira, outro como responsável moral, tendo assumido a responsabilidade".

Rui Cruz admite que o Tugaleaks pode fazer "o aditamento de outros responsáveis [à queixa], se os mesmos vierem a público e se assumirem como responsáveis".

Com a queixa, aquele movimento cívico pretende "saber o que é que aconteceu".

"Porque existem equipas, não só da Câmara, como também do dispositivo do Presidente da República, que tentam garantir a segurança e a legalidade de todos atos que ele faz -- são equipas pagas por dinheiro dos contribuintes -- e houve esta falta de respeito para com todos os portugueses, ao hastear uma bandeira ao contrário", referiu.

Em setembro, o mesmo movimento tinha apresentado uma queixa, também no posto territorial da GNR do Pinhal Novo, contra o primeiro-ministro, para demonstrar em tribunal que Passos Coelho e o seu Governo mentiram aos portugueses e exigir a sua exoneração.
http://www.jn.pt/paginainicial/interior.aspx?content_id=2813917&page=-1

OLima disse...

Inédito - "Firmeza" de Fernando LOpes Graça por Ana Maria Pinto, durante protesto em Lisboa http://youtu.be/YbqBqN_tlwg

OLima disse...

Sequela de "5 outubro bandeira hasteada de pernas para o ar por Cavaco e António Costa": Ministério Público arquiva queixas por bandeira hasteada ao contrário.
http://www.publico.pt/sociedade/noticia/ministerio-publico-decide-que-nao-se-cometeu-crime-ao-hastear-a-bandeira-ao-contrario-1583874

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue