Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Reflexão: As mentiras da Monsanto contra a rotulagem dos alimentos transgénicos

Reflexão: As mentiras da Monsanto contra a rotulagem dos alimentos transgénicos, por Michelle Simon in  Appetite for Profit. Tradução sumariada por OLima.
A Monsanto está contra a Proposition 37, que imporia a obrigatoriedade de rotulagem dos alimentos transgénicos na Califórnia. Para tal injetou 4,2 milhões de dólares para pressionar o senado e o congresso norte-americano a vetar essa lei, baseando-se em 10 falácias: (1) a lei não obriga a colocação de alerta, apenas informação sobre a manipulação genética do produto; (2) é falso que a segurança e os benefícios dos transgénicos estejam garantidos, uma vez que não só a Monsanto não fornece provas disso, como isso tem sido constantemente negado e provado por estudos independentes, sem esquecer que a próprio governo dos EUA não exige estudos de segurança aos alimentos transgénicos; (3) o facto da Associação Médica Americana ter descartado a obrigatoriedade da referência de ingredientes transgénicos nos alimentos contradiz a sua opinião de se realizar estudos obrigatórios antes dos transgénicos serem colocados no mercado;  (4) as empresas de alimentação podem muito bem escolher comercializar alimentos transgénicos, mas os consumidores não têm esse poder de escolha se a informação sobre a existência de transgénicos não constar da informação inserida no rótulo das embalagens; (5) a ideia de que incluir informação sobre transgénicos nas embalagens dos produtos tornaria tudo mais confuso para os consumidores foi desenvolvida durante 20 anos, tendo começado com o vice-presidente Dan Quayle, continuado com Bush, que foi apoiado por assessores governamentais saídos das fileiras da Monsanto; (6) longe de limitar o poder de escolha dos consumidores, a rotulagem aumenta a transparência, alargando assim o seu poder de escolha; (7) os adversários da rotulagem não pertencem a grupos de ativistas contra os transgénicos; de facto, é cada vez mais o número de agricultores e produtores que apoiam a rotulagem; (8) a Monsanto não pode criticar a campanha pela rotulagem de esconder objetivos pouco claros porque a própria Monsanto omite e esconde os resultados dos testes que faz ou diz fazer; (9) se há alguém em colisão com as principais associações de saúde é a Monsanto; (10) a Monsanto acusa os defensores da Proposition 37 de estarem a fazer um frete a uma minoria de interesses à custa da maioria dos consumidores, mas sondagens recentes mostram que apenas um terço dos consumidores está contra a rotulagem. 
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue