Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quarta-feira, 17 de julho de 2019

Bico calado

  • «(…) O racismo é crime e é penalizável por lei, além de censurável socialmente. Mas que seja o movimento social a pedir a intervenção do tribunal é neste caso inútil, o tempo do tribunal não serve para a luta contra Bonifácio. O segundo erro, que acho pior, é ajudar a criar agora mesmo um segundo debate paralelo: discutia-se o manifesto racista de Bonifácio, em que ela foi punida pela opinião pública esmagadora, que revelou o seu caráter minoritário e deu corpo a uma maioria que é a necessária para tomar medidas antirracistas, mas de repente alguns antirracistas lançam ao lado um outro debate sobre o nevoeiro do direito de opinião e dos estatutos editoriais dos jornais. Esse debate, como é fácil verificar, tornou-se um álibi e uma fuga. Basta aliás ver o entusiasmo delirante com que foi recebido pelo bonifacistas, que se agarraram a ele com o fulgor de náufragos. Ouviram-se as rolhas da garrafas de champanhe a saltar. A partir desse momento, já não se falou mais do racismo, nem das quotas ou outra medidas concretas de combate à subrepresentação e invisibilidade das pessoas racializadas, nem da própria Bonifácio, mas da liberdade, da “esquerda censória”, dos direitos de “dizer o que se pensa, logo eu que até tenho amigos negros”. É por demais evidente que a confusão entre os dois debates foi um erro, que os racistas estão a aproveitar ardorosamente. Suponho que, por orgulho, os promotores da iniciativa da queixa-crime em tribunal não querem reconhecer que facilitaram uma estratégia de distração contra o debate que é necessário. Mas que cheguem ao ponto de dedicar agora o seu tempo a atacar-me por constatar algo tão óbvio, isso já diz mais sobre o sectarismo do que sobre a vontade de constituir um movimento que junte quem denuncia o racismo e o combate.» Franciascvo Loução, FB.
  • A chefe de política externa da União Europeia, Federica Mogherini, pediu ao Irão para cumprir integralmente o acordo nuclear de 2015. MEM. Não me lembro de nenhum responsável europeu ter tomado atitude idêntica quando, em outurbo de 2017, Trump rasgou o acordo nuclear com o Irão
  • Os bancos HSBC, RBS, Barclays, Morgan Stanley e o lóbi UK Finance passaram a ter assento na UK Economic Crime Strategic Board, um organism que definem prioridades para o combate ao crime econômico, conta o Independent. Pois, nada como pôr as raposas a guardar os galinheiros…
  • Amber Rudd, a secretária do Interior desde julho, está ligada a empresas offshore nas Bahamas. Foi, entre 1998 e 2000, diretora do Advanced Asset Allocation Fund e do Advanced Asset Allocation Management. Independent.
  • Um executivo do setor petrolífero de Houston (Western Capital Inc.) foi condenado a pena de 10 anos de prisão por defraudar investidores que pensavam estar a pagar pela perfuração e teste de poços mas pagaram a hipoteca do executivo. Houston Chronicle/Energy Voice.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue