Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

domingo, 25 de março de 2018

Bico calado

  • A corte riu-se da piada de mau gosto do Marcelo: «Uma bomba aqui era uma crise… já viram o funeral de urnas em fila que era? Os Jerónimos não tinham capacidade…». E os jornalistas Martim Silva e Helena Pereira, do Expresso, não hesitaram em lhe atribuir o "Prémio Humor Negro". Em 1993, Carlos Borrego, ministro do Ambiente de Cavaco, demitiu-se por protagonizar cena vagamente semelhante a propósito de alumínio. O «caso do alumínio» provocara a morte de 25 doentes da Unidade de Hemodiálise do Hospital Distrital de Évora, que era abastecido com a água da albufeira de Monte Novo, contaminada com excesso de alumínio. De visita à cidade, Carlos Borrego decidiu contar uma anedota. «Sabem o que é que no Alentejo – em Évora melhor dizendo – fizeram aos cadáveres das pessoas que morreram ultimamente? Levaram-nos para reciclar, para aproveitar o alumínio». A piada foi considerada um insulto e uma ofensa às vítimas, aos seus familiares e aos alentejanos, e o ministro demitiu-se. Neste caso batem palmas ao presidente que, por vezes, faz papel de bobo da corte.
  • «Barreiras Duarte foi secretário de Estado adjunto de Miguel Relvas, o que significa que um visiting scholar que não era visiting scholar fez trabalho político sob a alçada de um licenciado que não era licenciado. Parece apropriado, mas na verdade não faz sentido: as habilitações inexistentes de Barreiras Duarte são muito mais impressionantes do que o diploma imaginário de Miguel Relvas, pelo que o segundo deveria ter trabalhado sob a orientação do primeiro, e não o contrário. Uma licenciatura na Lusófona é claramente menos importante do que o estatuto de professor convidado em Berkeley, mesmo que ambos pertençam ao domínio da fantasia. (…) tendo em conta a acumulação de casos, parece-me que já faz falta um Ministério da Educação Falsa, para regular os graus académicos fantasiosos e, sobretudo, cobrar propinas verdadeiras aos titulares de habilitações falsas. (…)» Ricardo Araújo Pereira, in Este homem tem um currículo fantástico – Visão 22mar2018.
  • RTP1, 13h40 de sábado, 24 de março de 2018: o jornalista fala de futebol e diz que «os súbditos de sua majestade» puseram a Holanda fora da corrida ao mundial da Rússia. Valerá a pena este utilizador de clichês informar-se sobre a política holandesa antes de bolsar asneiras deste calibre.
  • «(…) O meu único receio é o facto de José Silvano ter sido condecorado por Cavaco Silva, e nós sabemos como acabaram a maioria das pessoas que foram condecoradas pelo velho Aníbal.» João Quadros, in Banhadas de ética - JNegócios 23mar20128.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue