Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Mão pesada

  • Dois budistas que despejaram crustáceos no valor de 5 mil libras no Canal da Mancha no âmbito de uma cerimónia religiosa foram multados em cerca de 15 mil libras por terem causado «danos incalculáveis» ao meio ambiente. The Guardian.
  • A Starkist Samoa Co., filial da coreana Dongwon Industries e a maior produtora mundial de atum enlatado, foi multada em 6.3 milhões de dólares por ultrapassar o despejo de nutrientes (nitrogénio total, amónia e fósforo) e má gestão de efluentes no porto de Pago Pago, na ilha de Tutuila, na Samoa americana. A empresa terá ainda de investir 88 mil dólares em equipamentos de emergência a equipas locais. EPA.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue