Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

terça-feira, 8 de março de 2016

Glifosato continua a ser pulverisado em Angra

Angra do Heroismo. Foto captada aqui.
  • Praça Velha, Angra do Heroísmo, 7h da manhã de segunda-feira, 7 de março de 2016. Apesar da proximidade da Páscoa, não foi água benta que estes dois técnicos aspergiram no casco velho desta Cidade Património da Humanidade. Foi glifosato. Pela calada da manhã, para pouca ou nenhuma gente ver. Correu mal. Senhora Câmara, Senhor Governo Regional, será que nos querem envenenar? Será que querem envenenar os peixes que fazem a delícia da gastronomia local? Pensem e façam algo: não mais benzam as ruas de Angra com glifosato! O glifosato é potencialmente cancerígeno, sabiam? Parece que não. Nem sequer o que diz a Organização Mundial de Saúde, nem a Ordem dos Médicos!
  • Violações de segurança expuseram 20 técnicos a radiações na base nuclear de Faslane, Escócia. Tudo aconteceu em agosto de 2012, durante a reparação de fuga num tanque de um submarino nuclear Trident enquanto um reator ao lado era submetido a ensaios. Na altura, o ministério da Defesa garantiu não ter havido nenhum ferido no acidente. The Guardian.
  • A França vai encerrar a central nuclear de Fassenheim, a sua central nuclear mais velha, satisfazendo, assim, as pressões da Suíça e da Alemanha após um acidente registado em 2014. The Japan Times.
  • Sabem quanto gastaram as maiores gigantes químicas, só em 2015, para pressionar legisladores a facilitarem os processos de aprovação da compra, venda e aplicação de substâncias químicas tóxicas? 55 milhões, só entre congressistas dos EUA.
Share:

0 comments:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue