Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Reflexão – taxar o sol?


Os espanhóis que, a nível individual, investiram em produção de energia solar, vão ver o sistema de taxas alterado, fazendo com que as amortizações desses investimentos previstas para 8 anos se prolonguem por 25. Muitos endividaram-se para este investimento e agora correm o risco de verem a sua casa ou o seu terreno hipotecado por impossibilidade de cumprirem os compromissos assumidos. O argumento do governo de Mariano Rajoy é que a alteração das taxas servirá para ajudar a manter a rede geral. Aparentemente, a Letónia, a Itália, a República Checa e a Grécia preparam-se para fazer o mesmo. 
Mas há quem tente dar a volta aos homens dos impostos. O truque está em não ceder à rede geral toda a energia produzida pelos paineis solares e reter cerca de metade para consumo próprio, o que representa algum investimento em baterias e acumuladores. Outra maneira de desafiar o sistema é pura e simplesmente instalar paineis solares, produzir energia para consumo próprio e não a declarar. Mas esta opção corre o risco de multas até 30 milhões de euros, a menos que haja desobediência civil geral. BBC.
Share:

1 comments:

OLima disse...

Esta "notícia" acerca do primeiro poste solar do mundo tresanda que se fatra a frete. http://info-trails.com/o-primeiro-poste-solar-do-mundo/

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue