Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Apanha de bivalves proibida um pouco por todo o litoral de Portugal


Ilheu de Vila Franca, Açores. Foto: Pedro Silva 14jun2014.
Share:

Mão pesada

Share:

Bico calado

“Os jornalistas habituaram-se, sempre com o cutelo dos editores em cima, a explicar que os resultados de uma greve são o caos, mas cortar salários, diminuir direitos sociais, fazer do trabalho um lugar de tortura e ansiedade, “é a austeridade”, tão natural como o vento e a chuva.” Raquel Varela, in A ordem das notícias é um caos propagandístico.
Share:

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Repsol extrai petróleo nas Canárias?

Ilheu de Vila Franca, Açores. Foto: Pedro Silva 14jun2014.
  • O canto da estrelinha, algures na ilha de Santa Maria.
  • A costa junto à Rocha da Relva foi, durante algum tempo, vítima de contaminação proveniente de fuga de resíduos não tratados pela ETAR da fábrica de laticínios da Bel, na Covoada.  A empresa garante já ter resolvido o problema, diz fonte do AO.
  • A Quercus apresentou uma queixa à Comissão Europeia contra o Estado português sobre a construção da nova ponte da Praia de Faro, pedindo a suspensão do financiamento para a obra. Segundo a associação ambientalista, a requalificação da ponte existente minimizaria o impacto ambiental. 
  • O supremo tribunal espanhol aprovou a extração de petróleo ao largo das Canárias. De nada terão valido os 7 processos levatados por organizações ambinetalistas contra o projeto da Repsol.
  • O volume dos resíduos de plástico existentes no rio Danúbio ultrapassa o volume das larvas de peixe, revela uma investigação recente. O problema é tão grave que as Nações Unidas já criaram um grupo de pressão para fazer com que as empresas revelem a sua pegada plástica.
  • Milhares de vidas estão em perigo devido às precárias condições de higiene e segurança aplicadas numa unidade de reciclagem de baterias em Mombasa, Quénia.
  • O comércio ilegal de marfim e o abate de floresta para produção de carvão têm financiado grupos terroristas como o al-Shabaab, ligado à Al-Qaeda, na Somália.
  • Zonas dos EUA tornar-se-ão impróprias para atividades físicas ao ar livre devido às alterações climáticas, admite o relatório Risky Business. Os ataques de coração serão muito mais frequentes devido à incapacidade do organismo humano arrefecer perante temperaturas altas e níveis elevados de humidade. Para além dos impactos na saúde humana, haverá consequências a nível dos trabalhos agrícolas e de construção civil.
  • O Uruguai vai tornar-se, em 2016, campeão mundial da produção de energia eólica.
  • A ativista australiana Natalie Lowrey foi detida em Pahang com 15 cidadãos da Malásia na sequência de um protesto contra a mineradora Lynas Corp por alegadas responsabilidades de contaminação do solo com resíduos radioativos.
  • O estudo realizado por investigadores da universidade de Caen, liderados por Gilles-Eric Seralini, e que denunciava os impactos trágicos e mortais do NK603 na alimentação de ratos de laboratório voltou a ser disponibilizado online após acesa polémica internacional e que culminou com a sua censura. Os responsáveis pelo estudo reiteram toda a verdade e rigor das investigações e dos resultados apurados.
Share:

Reflexão – Querem eliminar abelhas para salvar eucaliptais?

A Quercus manifestou-se contra a introdução do Anaphes inexpectatus, um inseto exótico de origem australiana, para, alegadamente, combater o gorgulho do eucalipto, uma praga que o grupo Portucel/Soporcel e a Altri Florestal dizem estar a atacar as suas florestas. A Quercus quer que o governo de Passos-Portas mande suspender a libertação desse inseto, uma vez que que essa espécie de vespa é nova no continente europeu, e que o conhecimento científico sobre ela é escasso e não se conhecem estudos nem relatórios de monitorização divulgados publicamente, que comprovem não existir risco para outros organismos e ecossistemas. 
Share:

Bico calado

Share:

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Fraturação hidráulica impõe silêncio


Anchusa sp, algures em Couto de Esteves, em abril de 2014
Share:

Reflexão – Mundial de futebol do Brasil é mesmo Copa Verde?

Rotulado de Copa Verde, o mundial de futebol do Brasil tem sido tudo tudo menos ambientalmente sustentável, revelando ser fonte de injustiças sociais, escreve Autumn Spanne no Daily Climate:

(1) as despesas são tão elevadas que os parcos recursos que restam são insuficientes para colmatar as necessidades dascomunidades locais afetadas pelos jogos, nomeadamente nas áreas da alimentação, habitação, cuidados médicos, educação e transportes públicos;
(2) os milhões investidos em paineis solares e equipamentos de tratamento de resíduos na zona do estádio de São Paulo pouco ou nada compensam os impactos da deslocalização de milhares de residentes das favelas dos arredores;
(3) a conclusão da construção de uma linha de metropolitano de superfície para ligar os subúrbios de São Paulo foi adiada, não havendo planos concretos;
Share:

Mão pesada

  • Um operador de resíduos elétricos e eletrónicos foi condenado a 15 menses de prisão por exportação ilegal de itens para a Nigéria, Gana, Costa do Marfim e Congo. O referido indivíduo, já tinha sido condenado há 3 anos, por motivos semelhantes.
  • A companhia de águas Anglian Water foi multada em 50 mil libras por fuga de esgotos não tratados para uma ribeira e consequente morte de 1.500 peixes. A empresa foi ainda condenada ao pagamento de mais de 44 mil libras ao ministério do Ambiente.
Share:

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Petição contra complexo de espetáculo de golfinhos

Lagoa, Açores
Share:

Reflexão

Imagem retirada daqui.

O governo francês vai subsidiar cada cidadão em 25 cêntimos por cada quilómetro que faça com a sua bicicleta para o rabalho.
Share:

Mão pesada

Um indivíduo foi multado em R$ 22,7 mil pelo abate irregular de árvores nativas em Novo Horizonte.
Share:

Bico calado

Share:

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Antigo troço de linha férrea virou parque e celebra 5º aniversário

Baixa da Areia, Lagoa-Açores
Share:

Mão pesada

A Norfesa S.L. , do grupo mineiro Alonso, foi condenada a repor o solo como estava antes dos despejos e enterramento de resíduos perigosos que levou a cabo em Valdetorres del Jarama. O engenheiro responsável pelas operações ilegais foi condenado a dois anos de prisão e incapacidade de trabalhar em áreas relacionadas com resíduos.
Share:

Bico calado

  • E você conhece o Vitório? É macaense e faz parte do Conselho Nacional do PSD. Ligado a setores de extrema-direita, elogia a PIDE, considera Aristides Sousa Mendes traidor e o 25 de abril dia de luto. Próximo do secretário de estado José Cesário, entra e sai dos gabinetes do governmo de Passos-Portas com facilidade. Já apareceu em fotografias com, entre outros, o ministro da educação Nuno Crato, com o famigerado Miguel Relvas e com Passos Coelho. Visão 12jun2014 pp 32-37.
  • Putin anda a apoiar os partidos da extrema-direita europeia. Tudo para minar o poder da União Europeia. Políticos e euro-deputados como o húngaro Béla Kovács, o búlgaro Volen Siderov ,a francesa Marine Le Pen, o grego Nikolaos Michaloliakos e o inglês Nigel Farage, são todos grande admiradores de Putin, de quem têm recebido imenso apoio. Visão 12jun2014, pp 77-80
  • Com que então o novo presidente da Ucrânia era agente dos EUA...
  • Um offshore de privilégios políticos.
Share:

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Chile rejeita barragem

Lagoa, Açores
Share:

Mão pesada

  • Um rancheiro foi multado em 800 mil euros por alegado envenenamento de 6 águias reais em Encomienda de Mudela, Ciudad Real.
  • A South West Water foi multada em 153 mil libras por descargas de esgoto não tratado para o rio Par, na Cornualha.
  • Dois indivíduos que operavam um aterro clandestino em Silsoe, Bedfordshire, foram condenados a 6 meses de prisão.
Share:

segunda-feira, 9 de junho de 2014

EDP inaugura a sua quinta eólica na Polónia

Imagem retirada daqui.
Share:

Reflexão – A EDP e o carro elétrico


À primeira vista, até parece um gesto simpático. Mas, pensando melhor, a EDP apenas pretende fazer passar uma imagem de empresa limpa, amiga do Ambiente. O que de facto está a fazer é promover mais consumo de energia. Eu aplaudiria se a EDP viesse com uma contribuição generosa para a implementação de transportes públicos movidos a energia proveniente de fontes renováveis. Fazendo assim, promovendo mais consumo de energia em automóveis privados, faz precisamente isso, promove mais consumo de energia. E contribui para o congestionamento de tráfego. Portanto, esta ideia da EDP não passa de puro greeenwashing.
Share:

Mão pesada

Share:

quinta-feira, 5 de junho de 2014

Porque o Dia Mundial do Ambiente é todos os dias...

  • 27 habitações começaram a ser demolidas na praia de São Bartolomeu do Mar, em Esposende. Trata-se de um projeto de renovação da frente marítima que envolve obras de proteção e defesa de toda a zona costeira destruída pelas tempestades do último inverno. "São demolições que estão no papel há décadas, mas que não têm sido concretizadas porque existiu sempre uma boa razão para não ocorrerem", sublinhou o ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território, Jorge Moreira da Silva
  • A nova ETAR do Tâmega/Ponte da Baía, em Amarante, permitiu desativar a velha unidade geradora de maus cheiros na cidade, que estava no limite da capacidade. A infra-estrutura representa um investimento de 9 milhões de euros e vai tratar os efluentes de 45.000 pessoas.
  • A British Airways investiu 550 milhões de dólares na produção de combustível para os seus aviões através da Solena Fuels. O novo combustível será produzido a partir de resíduos, sendo o seu custo semelhante ao do combustível baseado em petróleo mas menos poluente. Especialistas na matérias não hesitaram em denunciar que essa combustível seria produzido através de incineração ,com previsíveis impactos no Ambiente.
  • No espaço de 24 horas, os Estados Unidos e a China anunciaram medidas para reduzir as emissões de gases com efeito de estufa que podem trazer novo fôlego às negociações para um novo tratado climático global. Barack Obama avançou com uma meta de 30% de redução das emissões de dióxido de carbono do sector eléctrico, até 2030. E a China acenou com um limite absoluto para as emissões a partir de 2016, embora sem dar detalhes. A indústria do carvão já veio manifestar o seu repúdio por tão estapafúrdia medida.
  • O número de países em vias de desenvolvimento que apoiam políticas de energias renováveis cresceu 6 vezes nos últimos 8 anos
  • 7 cursos on-line grátis de capacitação em energias renováveis. Pormenores aqui.
Share:

Bico calado

As fugas nas prisões portuguesas diminuíram 60% em 2013 em relação ao ano anterior. Nos tempos que correm, a prisão até lhes dá mesa, cama e roupa lavada.
Share:

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Rocha da Relva: o lixo é seu?

Rocha da Relva. Imagem retirada daqui.
  • Durante 8 anos, a câmara de Ponta Delgada pagou 100 euros a um indivíduo para recolher o lixo na Rocha da Relva duas vezes  por mês na época alta e uma vez na época baixa.  Quando o homem pediu 150 euros o lixo deixou de ser recolhido e começou a amontoar-se. Este esquema de recolha de lixo fora conseguido na sequência de um protocolo com a Associação Alternativa. Agora o Movimento dos Amigos da Rocha anda zangado com a situação. A Associação Alternativa nada diz. Não serão demasiados os intermediários para tratar de uma questão tão simples como a limpeza de uma zona usufruída por outra tanta boa gente?
  • SIARM – Sentir e Interpretar o Ambiente dos Açores – portal com inúmeros conteúdos para educação ambiental.
Share:

Reflexão a propósito do Dia do Geólogo

“Apenas porque invejas pessoais, políticos metediços e o desejo de poder por absolutos ignorantes assaltaram o projeto geotérmico. Apenas em 1991 o bom senso e as escolhas certas selleccionaram as soluções certas. Mas em 2002, regressaram as encenações de Monteiro da Silva e de um Rui qualquer coisa, geólogo diretor do campo geotérmico, ambos qual triste sina. O maior projeto geológico dos Açores já terá feito conta aos milhões perdiso e ao tempo desacreditado?”

Vitor Hugo Forjaz, catedrático jubilado de Vulcanolgia, in Correio dos Açores de 31mai2014.
Share:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue