Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

10% dos portugueses ainda não têm esgotos


Foto: Larry Larsen/Alamy
  • Portugal tem muito trabalho a fazer para melhorar os serviços de águas residuais, afirmou Jaime Melo Baptista, presidente da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR). Para atingir os níveis desejados, falta chegar a cerca de 10% da população, o que implica algum investimento. Diário Digital/Lusa.
  • Até mesmo as árvores estão a emigrar. Que o diga esta oliveira.
  • Os homens solteiros que vivem sozinhos são os que menos reciclam no Reino Unido, revela uma investigação levada a cabo pela Essex University. The Guardian.
  • A Bolívia nacionalizou duas filiais da espanhola Iberdrola que distribuíam energia no país. USAToday.
Share:

Mão pesada

A Exxon Mobil e a Citgo estão a ser processadas por contaminação de águas subterrâneas no estado de New Hampshire. NYTimes.
Share:

Reflexão

Rebaixas, saldos e consumismo. Youtube (3:57)
Share:

Bico calado

  • Prémios Má Despesa Pública de 2012.
  • Fique sabendo que há quem gaste 600 mil euros em 8 minutos de fogo de artifício em Portugal.
  • “Há dias, conversando com o meu amigo Luís Fontoura, homem honrado e culto, contei-lhe o que Aquilino Ribeiro me disse, num já longínquo dia. O grande escritor e grande patriota admitiu: "Portugal vai ser uma província de Espanha, e a mais pobrezinha. Você vai ver." Estou a começar a ver que a triste profecia do autor de Quando os Lobos Uivam começa a cumprir-se, devido à negligência política, cultural e cívica deste biltres que nos governam; repito, sopesando bem as palavras: destes biltres que nos governam.” Baptista Bastos in Há sempre alguém que diz não, JNegócios 28dez2012.
Share:

Camarate (12)

José Inácio e Norberto Silva, operacionais do ELP morreram na violenta explosão que teve lugar em Monsanto, quando preparavam uma carga de plástico destinada a destruir as antenas de emissão da televisão. José Esteves conhecia-os, pois travava amizades com outros bombistas. Conheceu gente do Norte como Ângelo do Trancoso e Ramiro Moreira, este último segurança do PPD: ‘Freitas do Amaral e Sá Carneiro sabiam o que se passava, embora não concordassem. Mas éramos úteis para os acontecimentos da época. E Frank Carlucci estava a par de tudo. Nessa altura, recebi 200 contos de um funcionário da Embaixada dos EUA. Era muito dinheiro. Dava, por exemplo, para comprar um apartamento nos arredores de Lisboa’, conta José Esteves.” 

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, p115.
Share:

domingo, 30 de dezembro de 2012

2013 - Ano Internacional para a Cooperação pela Água



O objetivo da ONU-UNESCO é chamar a atenção da sociedade civil, empresas e governos para a escassez deste bem público e comum e tentar melhorar os índices de acesso à água potável e ao saneamento básico no planeta.
Entretanto, o governo de Passos-Portas já aprovou pacote legislativo que abre caminho à privatização dos sistemas de água e resíduos. Enquanto na área dos resíduos, o caminho é o da privatização total, no que diz respeito à água e ao saneamento, prevê-se a reorganização, sem alteração da natureza das entidades gestoras, que permanece maioritariamente pública
A propósito, não haverá vigarice na atual aplicação das taxas de resíduos que acompanham a fatura da água? É que pagamos os resíduos de acordo com o nosso consumo de água. Tudo leva a crer que andamos há anos a financiar a privatização de um chorudo negócio que dá pelo nome de resíduos.
Share:

Fim do nuclear em Quebec?

  • A Alemanha arroga-se o direito de se considerar a consciência ambiental do mundo. Para tal tem usado as redes energéticas dos vizinhos sem lhes ter dado conhecimento e muito menos lhes ter pedido licença. Mas chegou a hora da verdade, da Alemanha pagar a fatura. A Polónia e a República Checa decidiram criar uma espécie de interruptor nas suas fronteiras, evitando, assim, a importação da Alemanha de energia dita verde e criando sérios problemas de segurança energética uma vez que essa ação pode provocar apagões na terra de Beethoven. The Global Warming Policy Foundation.
  • A central nuclear de Gentilly-2, no Quebec, encerrou. Começa o pesadelo do armazenamento dos seus detritos nucleares. La Presse.
Share:

Bico calado

  • Muito boa reflexão: Há séculos a ir na onda, por Xatoo.
  • João Loureiro, de triste memória, por Samuel.
Share:

Camarate (11)

“No meio desta crise política, entre redes bombistas, ataques a sedes de partidos, violência política,boatos de golpes de Estado, suspeitas de ligações entre grupos terroristas de direita e a CIA, Mário Soares teve um encontro privado com Frank Carlucci na sua casa de Sintra, em Nafarros, a cerca de 30 quilómetros de Lisboa. Manuel Sá Machado conduziu o embaixador no seu carro privado, visto que o secretário geral do PS estava a recuperar de uma gripe, mas também queria garantir que estariam em segurança e longe dos olhares indiscretos que havia em Lisboa (...)  Soares contou ao embaixador que Vasco Gonçalves não estaria mais tempo no poder, faltando apenas uma decisão mais energética do presidente Costa Gomes e dever-se-ia apoiar o grupo de Melo Antunes (...) O secretário-geral dos socialistas tinha algumas reservas sobre o então lider, Emídio Guerreiro, mas confiava em Magalhães MotaRui MachetePinto Balsermão e até no antigo lider, o ausente Sá Carneiro. E acrescentou que era do interesse do PS ter um PPD ‘com vigor’.” 

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, p112-113.
Share:

sábado, 29 de dezembro de 2012

Miseráveis!



O governo de Passos-Portas aprovou pacote legislativo que abre caminho à entrada de privados nos sistemas de água e resíduos. Enquanto na área dos resíduos, o caminho é o da privatização total, no que diz respeito à água e ao saneamento, prevê-se a reorganização, sem alteração da natureza das entidades gestoras, que permanece maioritariamente pública, esclarece o Ministério do Ambiente. PúblicoMiseráveis!
Share:

Mão pesada

As EMED Tartessus, SLU, Construcciones Zeitung, SL, e  Rumbo-5 Cero, SL, foram multadas em 450 mil euros por derrame de esgotos não tratados no rio Odiel, Huelva. La Informacion.
Share:

Bico calado

Share:

Camarate (10)

José Esteves começou então a trabalhar como segurança e motorista do lider do CDS. O acesso era directo. ‘Eu entrava no seu gabinete sem ter de perguntar à secretária. Bastava-me bater-lhe à porta. Isso provocou ciúmes dentro do partido. O José Ribeiro e Castro, que era sobrinho do Santos e Castro, era um dos que tinha de ficar á espera e, por isso, não gostava de mim’, conta o antigo seguranca do CDS.”

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, p105
Share:

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Portugueses, espanhóis e polacos investigam combate ao nemátodo do pinheiro


Foto: David Emmett/Conservation International
  • Cientistas do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária investigam novos métodos biológicos de controlo do nemátodo do pinheiro.  Contam com a colaboração de colegas da universidade de Barcelona e do Museu e Instituto de Zoologia da Academia de Ciências da Polónia. Science Daily.
  • Milhares de habitantes de Zenica, na Bósnia, protestaram contra a poluição produzida pela fábrica de aço ArcelorMittal, exigindo a colocação de filtros. Balkan Insight.
  • A ministra do Ambiente da administração Obama anunciou a sua resignação após quatro anos de combates ferozes com a oposição republicana, e até mesmo com os próprios democratas. Durante a sua liderança, o seu ministério admitiu, finalmente, que o dióxido de carbono era um perigo para a saúde humana. Reuters.
Share:

Camarate (9)

“Mas, o PS não podia aliar-se com o PCP. Isso sabia-se desde o dia 3 de Março, quando o vespertino A Capital revelou o artigo da publicação alemã Extra. Uma união entre Mário Soares
e os comunistas iria colocar em perigo o apoio financeiro da Alemanha aos socialistas portugueses. E os americanos também não iriam gostar dessa solução. O único espaço de diálogo para Mário Soares seria à sua direita, entre Sá Carneiro e Freitas do Amaral.” 

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, p104.
Share:

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Escolas de Seattle reduzem fatura de eletricidade


Foto: Richard Wareham/Corbis
  • Foi declarada ilegal uma urbanização em A Saíña, Ferrol, apesar da Junta ter emitido licença. O problema é que a sítio está em Rede Natura e a área de construção está sobre um castro catalogado. El País.
  • Os agrupamentos escolares de Lake Stevens, arredores de Seattle, conseguiram poupar um milhão e meio de dólares. Segredo? Reduziram a sua fatura de eletricidade, não deixando as luzes acesas sem necessidade. Clean Technica.
  • Infográficos interativos que valem a pena ser vistos: 1) Quanto poluímos? Por país, per capita, possibilidade de estabelecer e ver comparações entre países; (2) Sobre a conservação de ursos
Share:

Bico calado

Não burla quem quer, mas apenas quem tem um curso superior e trabalha para o GovernoXatoo.
Share:

Camarate (8)

“Estava criado o clima para os confrontos físicos e os atentados à bomba que iria seguir-se durante os meses do Verão de 1975. Nos EUA, Henry Kissinger e o novo presidente dos EUA, Gerald Ford, estavam preocupados com o rumo dos acontecimentos. Viam Portugal caminhar alegremente para o comunismo e sair da esfera de infiluência da NATO. Tornava-se imperioso apoiar financeiramente os homens que eles achavam ser os mais capazes de defender a democracia ocidental. Mário Soares era a escolha mais óbvia e aquele que, por virtude das amizades do tempo do Brasil, beneficiava de uma ligação mais directa com os rapazes de Vernon Walters na embaixada de Lisboa, Carlucci e Herbert Okun. Estes estariam lá para ajudarem o ‘Mário’ a combater os comunistas. 

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, p100
Share:

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O que anda a matar as ostras?


Foto: Heng Sinith/AP
  • Todos os anos, 70% das ostras morrem antes de serem consumidas, especialmente a partir de Maio. As opiniões dos especialistas oscilam entre a existência de uma espécie de ostra geneticamente manipulada, o aquecimento global, a existência de um virus, a poluição e a asfixia e acidificação dos mares quanto às prováveis causas da mortandade. Basta Mag.
  • Centenas de satélites artificiais descartados na órbita da Terra vão ser recolhidos por robôs e reciclados, anunciou a  Defense Advance Research Projects Agency (Darpa). eCycle.
Share:

Bico calado

Share:

Camarate (7)

“Entretanto os contactos directos entre Wischnewski e Bruno Friedrich encerravam um objectivo concreto que condicionaria para sempre o futuro do jogo democrático em Portugal: os alemães estavam empenhados em ‘impedir que os socialistas portugueses se unam aos comunistas’. Para garantir isso, continuava o artigo, ‘este objectivo deverá ser conseguido através de um pesado apoio financeiro da República Federal e dos Estados Unidos, destinado sobretudo à ala direita do partido de Mário Soares’. E era depois referido um nome no seio do PS como sendo uma das ‘pessoas de confiança do lado partuguês’ - o então secretário de Estado das Finanças, Vitor Constâncio, actual vice-presidente do Banco Central Europeu.” 


Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, p95.
Share:

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Boas Festas


  • Sensores desenvolvidos por cientistas da University of California, em San Diego, lançaram um sensor que monitoriza a qualidade do ar em tempo real nos telemóveis, o que poderá ser muito  útil para quem sofre de asma. Terra.
  • E que tal paineis solares flexíveis, tipo autocolantes? Já não é ficção! Pormenores aqui.
Share:

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Quanto de greenwasging há no uso de termos como bio, eco e verde?


Foto: Hang Xingwei/Corbis
  • Que mania esta de colar palavras como “ecológico” a árvores de Natal. Desta vez é em Setúbal e em Vila Franca do Campo. Mas já vi o mesmo estilo em outras circunstâncias. Não com a palavra “ecológico”, mas com as palavras “verde”, “eco” e “bio”. Fica-se sempre sem saber se esta espécie de súbito, inesperado “ambientalismo” é fruto da criação de executivos ou assessores autárquicos ou se é fruto de um qualquer marketing em outsource, ou se ainda é fruto da simpatia, entusiasmo ou boa vontade do editor de um jornal. Posso estar redondamente enganado, mas enquanto não me desconvencerem e provarem o contrário, a colagem dessas palavrinhas a certos conceitos não passa de greenwashing.
  • O ministro do Ambiente da Escócia recusou ilegalizar o uso de pesticidas (neonicotinoides) responsáveis pelo envenenamento de abelhas e pela destruição da indústria frutícola. The Herald.
  • O governo israelita de Benjamin Netanyahu pondera fundir o ministério da Energia e o ministério do Ambiente. Os conflitos entre ambos são conhecidos porque a Energia quer ver-se livre do control do Ambiente, especialmenet na área da extração de gás e petróleo. Concretizada a fusão, seria fácil levar a cabo os projetos em carteira, sem o constante controlo do ministério do Ambiente sobre os impactos. Haaretz.
  • Três vezes por semana, um par de falcões afugenta pombos e gaivotas num parque em Santa Monica, Califórnia. E quatro meses, a zona ficou mais limpa e saudável, pois desapareceram as fezes e as bactérias que os pombos e as gaivotas costumavam deixar. NYTimes.
Share:

Camarate (6)

“Nessa mesma altura, Mário Soares encontrou-se com Henry Kissinger, que lhe apresentou a dupla que estava prevista partir para a embaixada de Lisboa - Carlucci e Okun. Por coincidência, os chefes de gabinete de Mário Soares eram dois homens que também tinham estado no Brasil durante o tempo em que Carlucci e Okun trabalharam no Rio de Janeiro. E todos se conheciam e partilhavam laços de amizade. Esses contactos, forjados no Brasil, iriam depois ser muito úteis para a consolidação de uma das mais duradouras amizades políticas entre os dois paises atlânticos, e que é a amizade entre Frank Carlucci e Mario Soares. Pouco depois da visita de Costa Gomes e de Mario Soares a Washington, a 24 de Outubro, o Diário de Lisboa, citando a revista francesa Le Nouvel Observateur, fez uma manchete de grande impacte: Duzentos agentes da CIA em Portugal.” 

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, pp90-91
Share:

domingo, 23 de dezembro de 2012

Pescas: mais subsídios para a sobrepesca?

Rap da Sobrepesca
  • Como funcionam os subsídios às pescas? Youtube (0:55)
  • A Praia de Santa Bárbara da Ribeira Grande, S. Miguel-Açores, foi galardoada, pela FEE (Foundation For Environmental Education), com o Galardão 5 Anos de Bandeira Azul, num reconhecimento dos padrões de excelência que aquela zona balnear tem mantido ao longo do tempo. CA.
  • Fez ontem um ano que, a 22 de dezembro de 2011, o Parlamento português aprovou, por unanimidade, o Projeto de Resolução que instituiu o sobreiro como a Árvore Nacional de Portugal. Um processo que teve na sua génese a petição pública criada pelas associações Árvores de Portugal e Transumância e Natureza.
  • Uma Rede de Escolas Sustentáveis vai ser lançada em Múrcia com o objetivo de envolver os centros educativos na melhoria dos temas sócio-ambientais, na conservação do Ambiente e na consciência ecológica. La Informacion.
  • Mais de metade de amostras de frutos e legumes recolhidos pelo ministério da Saúde de Israel revelam resíduos de pesticidas, tendo 11%  níveis de químicos superiores Oas estabelecidos pelo governo. Mas não há perigo para a população, garante o mesmo governo citado pela Al Jazeera.
  • E que tal uma bicicleta sem corrente, desdobrávelelétrica, e com autonomia para 30 km
Share:

Mão pesada

A Executive Recycling, do Colorado, foi condenada por ter exportado ilegalmente resíduos eletrónicos em ver de os ter feito reciclar como prometera, e, por isso, poderá vir a ser multada em 500 mil dólares. PCWorld.
Share:
Ter memória é uma grande chatice!  E quando Passos Coelho esquece-se de que a tem ou finge que não a tem, o problema é grave. Muito grave. RTP (1:36)
Share:

Camarate (5)

“Tenho visto que Vossa Excelência é habilissima em conspirações, intrigas e golpes de Estado. Tenho-o visto de longe e não desejaria sabê-lo de perto. Já me basta ter lido o que Vossa Exce-
lência fez no Chile, a mortandade que por lá foi e vai, verificar todos os dias que governos promove e apoia Vossa Excelência imagine se eu havia de gostar que mandasse para aqui os seus emissários e instalasse no meio da nossa roda o seu caldeirão de truques e bruxedos! (...) Vossa Excelência tem portanto amigos dentro da praça. Já se encontraram todos, pois não é verdade? Ora à mesa secreta das decisões, ora nas ações da rua, nas calúnias, nas intrigas, na bela conspiração, na compra e venda dos traidores. (...) Emprazo a Vossa Excelência a que nos deixe em paz. Temos aqui muito que fazer, muito que trabalhar, muito que sonhar. Mas não vamos dormir, isso não. Se Vossa Excelência vier, terá de matar-nos com os olhos abertos.”

José Saramago in Carta Aberta à CIA, publicada no Diário de Lisboa de 25 de julho de 1974, citado em Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho – Planeta, outubro 2012, pp87-88
Share:

sábado, 22 de dezembro de 2012

Crise - menos consumo - menos lixo


Inertes de obras aguardam melhores dias para serem reciclados e aplicados neste espaço que, ouve-se dizer, vai ser requalificado e ter passeios.
  • A recolha de lixo em S. Miguel registou uma redução de 3,18%. A Associação de Municípios de São Miguel diz que isso se deve à quebra no consumo da população, provocada pelo atual clima económico desfavorável. CA.
  • A conclusão da central de biogás da Tratolixo em Abrunheira, Mafra, está suspensa por falta de financiamento. Em risco está o tratamento de resíduos orgânicos de um milhão de habitantes de Cascais, Sintra, Oeiras e Mafra e a produção de eletricidade. Lusa/Público.
  • Milho transgénico de marca SmartStax, manipulado pela Monsanto e Dow AgroSciences, tem sido ilegalmente introduzido na Europa, alerta a Testbiotech.
  • O ministério do Ambiente norte-americano acabade aprovar a comercialização de salmão transgénico, que poderá chegar em breve aos nossos mercados e, pasmem, não rotulado! Food And Water Watch.
Share:

Mão pesada

José Aleixo, ex presidente da Associação Comercial de Espinho e ex adjunto do ex presidente do executivo camarário local José Mota (PS), vai ser julgado nas Varas Criminais do Porto, por tráfico de influências.  Quando soube que a Jerónimo Martins pretendia instalar um Feira Nova, decidiu entrar no negócio. Contatou Pedro Soares e celebrou um contrato de prestação de serviços, prometendo-lhe que conseguiria que o terreno do lugar da Quinta, em Anta, fosse desafetado da zona de Reserva Ecológica Nacional, o que não aconteceu. CM.
Share:

Bico calado

  • Em Portugal dão-se medalhas a criminosos, em vez de algemas. Youtube (32:47) Ao minuto 30, Paulo Morais mais uma vez goza com o ridículo da impunidade em Portugal, a forma como são tratados os corruptos, afronta a inteligência e a justiça. Relata que recentemente, assistiu na TV a uma cerimónia onde viu avançar um ex-administrador da SLN (BPN), e ironiza "pensei que lhe iam dar umas algemas e fiquei admirado quando vi que era mesmo uma medalha." Via Apodrece Tuga.
  • “Tivemos o azar de colocar em Belém um indivíduo inculto, possidónio, que só age para um lado e, mesmo assim, canhestramente. O dr. Cavaco é o almirante Américo Thomaz ressurrecto. E só não dá vontade de rir porque o seu comportamento é trágico: arrasta consigo, com as suas dubiedades e indefinições, um país inteiro (...)o PS tem um secretário-geral sem brio, sem grandeza e sem energia. E está rodeado de gente que o não aprecia, que o bajula porque ele é o que é: a evolução na continuidade." Baptista bastos in E, no entanto, é preciso resistir,  JNegócios de 21dez2012.
Share:

Camarate (4)

“Finalmente, apesar de Nixon ter dito a Marcello Caetano (...) que os EUA não iriam dar os mísseis Red Eye que o governo português precisava para combater na Guiné, o embaixador de Portugal nos EUA, João Hall Themido, garantiu (...) que ‘o governo norte-americano foi intransigente na sua negativa. Mas Kissinger concebeu uma solução à altura da sua imagem: para ultrapassar o Congresso seria Israel a fornecer os mísseis’.  Segundo o embaixador de Portugal em Washington, a ideia foi-lhe apresentada no Departamento de Estado: ‘Compreendi que Israel entregasse a Portugal mísseis de fabrico soviético capturados no conflito do Médio Oriente. Para esse efeito, deveria avistar-me com o embaixador de Israel, que estaria ao corrente e disposto a auxiliar’ acrescentou Hall Themido. Quando falou com o embaixador israelita Simcha Dinitz, o diplomata português ficou a saber que, afinal, Israel não dispunha de mísseis soviéticos e os de origem norte-americana só podiam ser fornecidos com autorização de Washington.” 

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, p69.
Share:

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Santander atende sucateiro na rua


Foto: Joe Raedle/Getty Images
  • Sucateiro cliente do banco Santander é atendido pela filial de Celeirós, Braga, na rua, por estar mal vestido e cheirar mal, conta o JNVideoJá há muito boa gente a sugerir que o gerente do Santander de Celeirós, Braga, seja enviado para estágio ou ação de formação numa sucata para reciclar e descontaminar a sua mente.
  • A Three Gorges compra 49% da EDP Renováveis, informa o Público.
  • Uma ilha espanhola de Fillaboa, do rio Minho, junto ao concelho de Monção, vai estar aberta ao público em 2013 como centro de interpretação ambiental. Público.
  • A Associação Cultural Amigos da Serra da Estrela acaba de relançar a revista ZimbroVale bem a pena lê-la, pela substância do conteúdo e pela elegância do grafismo.
  • Nenhum navio que circule em águas europeias pode utilizar fuelóleo com mais de 3,5% de enxofre – um dos ingredientes para as chuvas ácidas. Nos próximos anos, os valores devem cair progressivamente, até chegarem a apenas 0,5% de enxofre. Público.
  • 40,5% da energia consumida na Nicarágua teve origem em fontes renováveis, o que representa um aumento de 8,9% em relação a 2011. La Informacion.
  • O documentário Andes Água Amazônia, (21:56) feito por Marcio Isensee para ((o))eco, ganhou Menção Honrosa no Festival Latinoamericano de Cortometrajes Ambientais - Albufera Films/2012
Share:

Mão pesada

A Companhia Siderúrgica Nacional foi multada em R$ 11,5 milhões por incumprimento de medidas de controle de poluição atmosférica, de prevenção a vazamentos de material tóxico e de descontaminação de águas subterrâneas. EcoDebate.
Share:

Bico calado

Share:

Camarate (3)

“No inicio de 1961, Frank Carlucci estava já activo como diplomata. Ocupava há um ano o cargo de segundo-secretário da Embaixada dos EUA em Léopoldville, no Congo Belga, país que fazia fronteira com Angola. O Congo Belga tornara-se independente no ano anterior e foi durante essa missão diplomática que o seu nome ficou associado ao assassinio do primeiro-ministro congolês Patrice Lumumba. (...) Segundo posteriores investigações feitas pelo Congresso dos EUA, a CIA teria recebido um pedido do presidente Eisenhower para assassinar Lumumba devido às suas inclinações pró-soviéticas."

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, pp40-41
Share:

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

A água não é um bem privado


  • “Se houver, da parte deste Governo ou do que esteja em função, vontade, como parece que vem aí, de privatizar a água, pela minha parte, e outras pessoas, tudo faremos para que isso se evite. Se necessário for, promovendo um referendo nacional nesse sentido”, afirmou Paulo Morais, citado pelo Público. “A água não é um bem privado, é um bem público que pertence a todos. A sua distribuição tem naturalmente custos e por isso deve ser onerada aos utentes, mas o bem, enquanto tal, é público. (...) A concretizar-se a privatização, isso iria representar rendas elevadas para as concessionárias, durante muitos anos e prejuízos para o erário público além de colocar as entidades públicas em permanente chantagem.(...) esse negócio vai aumentar a promiscuidade entre promotores imobiliários, empreiteiros, políticos e autarcas, sempre no prejuízo do erário público ou dos utentes”.
  • A Câmara de Mogadouro (PSD) pretende abandonar as Águas de Trás-os-Montes e Alto Douro alegando que a permanência do município naquele sistema multimunicipal é ruinosa para os interesses económicos do concelho transmontano. Moraes Machado lamenta a falta de resposta da minsitra do Ambiente a um pedido de audiência que lhe fez há ano e meio para discutir o assunto. Por isso, vai avançar com uma ação judicial para tentar resolver o atual imbróglio administrativo. Lusa/RTP.
  • A destruição do estuário do Mira acabou de receber luz verde após a aprovação do resort Vila Formosa, na margem oposta de Vila Nova de Milfontes, concelho de Odemira, tudo isto em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, Zona de Proteção Especial para as Aves e Sítio de Importância Comunitária, ambos denominados “Costa Sudoeste” e constituintes da Rede Natura 2000, lamenta a Quercus, avisando que vai apresentar queixa à Comissão Europeia por violação das Diretivas Habitats e Aves.
  • A ministra do Ambiente entende que não há qualquer polémica na demissão de três dos quatro dirigentes da sua inspecção-geral, apenas nove meses após terem sido nomeados. Público.
  • É preciso ter lata e pouca vergonha! Uma página patrocinada pelo Conselho Americano da Química  contém informação que remete para opiniões veiculadas por cientistas pagos pela indústria química que tentam garantir que os químicos são seguros para as crianças.
Share:

Bico calado

A Walmart, a gigante americana de grandes superfícies comerciais, faz o que quer no México, inclusive faz alterar planos de ordenamento e de urbanização através de subornos, para implantar os seus supermercados onde mais lhe convém, revela o insuspeitíssimo New York Times de 18 de dezembro. Video (1:33). Estória completa aqui.
Share:

Camarate (2)

“Sá Carneiro deu ordens para que a Inspeção-Geral de Finanças investigasse os dinheiros dos militares, o que se cruzava com o tráfico de armas para o Irão, caso que estava nas mãos de Adelino Amaro da Costa. No entanto, estes dois ministros não estavarn sozinhos nas investigações. Também o ministro responsável pela pasta das Finanças, por inerência das suas funções, estava incumbido de investigar os dinheiros dos militares. E esse ministro era então Anibal Cavaco Silva, actual presidente da República e primeiro-ministro entre 1985 e 1995. Cavaco Silva foi o último ministro a ter estado reunido, na manhã de 4 de Dezembro de 1980, com Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa. E, para além dos governantes, estiveram também presentes as mais altas patentes militares. O objectivo da reunião foi, precisamente, a discussão do orçamento das Forças Armadas. Cavaco Silva, contudo, nunca tornou público o que soube sobre os dinheiros secretos dos militares.”

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho, Planeta outubro 2012, pp25-26
Share:

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Inspetores da Agricultura e Ambiente demitem-se

Foto: JACQUES MATTHYSEN / CATERS NEWS
  • Três dos quatro inspetores-gerais da Agricultura e do Ambiente, demitiram-se do cargo que ocupavam. Razões pessoais, diz ele. Público. Eis aqui está partedo resultado da fusão do ministério da Agricultura com o ministério do Ambiente, tanta vez desavindos no passado.
  • O parlamento suíço aprovou a proibição da distribuição de sacos plásticos em compras. ENS
Share:

Mão pesada

O Tribunal Judicial do Funchal condenou o diretor regional de Pescas, José Teixeira de Ornelas, pela prática continuada de um crime de abuso de poder na venda de licenças de pesca. Foi aplicada a pena de 2530 euros de multa ou, em alternativa, 166 dias de prisão. Lusa/Público.
Share:

Bico calado - Como destuir um negócio público rentável e transferi-lo para o privado?

  • (1) A troika sugere a venda do negócio rentável da  saúde da CGD; (2) O governo nomeia António Borges como consultor para  orientar a venda dos negócios públicos; (3) O grupo Soares dos Santos (Jerónimo Martins) contrata o mesmo António Borges como administrador (mantendo este as suas funções de vendedor dos negócios públicos; (4) O grupo Soares dos Santos (Jerónimo Martins) anuncia a criação dum novo negócio na área da saúde; (5)  A troika exige a venda urgente do negócio da saúde da CGD já este mês; (6)  A troika não exigiu que mais nenhum banco abandonasse os seus negócios da saúde, obrigando-os assim a confinarem a sua actividade ao que lhes deverá ser essencial: financiar a economia. Fonte.
  • O presidente da Junta de Freguesia de Castelo de Neivaeleito pelo PSD, vai emigrar para o Canadá. Mas antes de partir escreveu uma carta de revolta ao primeiro-ministro Passos Coelho. RTP.
Share:

Camarate (1)

“Demonstrar, em 1980, que houve um negócio de tráfico de armas para o Irão que ajudou a atrasar a libertação dos diplomatas americanos em Teerão e impediu a reeleição de Jimmy Carter, tendo levado, ao mesmo tempo, o ex-chefe da CIA ao cargo de vice-presidente dos EUA, era, no minimo, explosivo.  Suficientemente forte para alguém querer matar os principais promotores da investigacão. E esse era o primeiro-ministro Sá Carneiro. Adelino Amaro da Costa também andaria a investigar e poderia ser também um alvo a abater, mas a figura mais incómoda era certarnente o primeiro-ministro, cujo estilo político desafiava todos os consensos politicos, dentro e fora do seu partido.”

Camarate, Sá Carneiro e as Armas para o Irão, por Frederico Duarte Carvalho – Planeta, outubro 2012, p25
Share:

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

O mar avisa mais uma vez


Fotos: Rui Soares
  • O mau tempo destruiu parte do molhe, em construção, do porto de pesca de Rabo de Peixe, na costa norte da ilha de São Miguel. Os pescadores defendiam o reforço do molhe exterior, mas o governo de Carlos César optou por construir um novo molhe no lado oposto, o que, dizem os profissionais da pesca, só vai servir para dificultar a entrada e saida do porto. RTPAçores, via  Wave Riders Açores.
  • A Universidade de Coimbra instala 600 painéis fotovoltaicos, informa a Ambiente OnlineAté que enfim!
  • O pai da Reserva Ecológica Nacional critica duramente o fim daquele regime de proteção ambiental. Em entrevista à Renascença, Gonçalo Ribeiro Telles apelida de escândalo o desaparecimento da REN, criada em 1983 num governo Aliança Democrática. Quanto aos que criticam a Reserva Ecológica Nacional, o arquitecto paisagista fala num “conjunto de ignorantes, de incompetentes, de oportunistas e de pessoas com pouca ginástica mental”. RR.
  • O Museu Nacional do Carvão País de Gales instalou 200 paineis solares para reduzir a sua fatura energética.
Share:

Mão pesada

  • O Supremo Tribunal de Justiça condenou uma discoteca de Belinho, Esposende, a pagar uma indemnização total de 48 mil euros aos donos de duas habitações situadas nas imediações, por causa do ruído do estabelecimento. PúblicoA Câmara de Espinho tem o seu estilo muito próprio no que respeita ao ruído noturno. Não só não o controla como o promove através de pool parties que começam à meia noite de sábado e acabam às 6 de domingo. O "som" debitado é tal que faz estremecer janelas de vidro duplo e soalhos de moradias de construção recente, não deixando a vizinhança repousar e dormir em paz. A câmara de Espinho promove estas pool parties há dois anos, durante 6 fins de semana e durante a época balnear. Os media locais e regionais deram conta da insatisfação dos vizinhos. Alguns chegaram a recolher assinaturas e apresentaram as suas reclamações junto da câmara. Outros fizeram questão de, na câmara, exarar as suas queixas por escrito, em caderno próprio. O executivo não deu satisfação aos queixosos e quando a deu fê-lo tardiamente e apenas após reclamação nesse sentido. Por vezes recebeu os queixosos apenas para lhes dar falsas esperanças e, em concreto, nada resolver.
  • O ex-presidente da Câmara Municipal de Santana, Carlos Pereira, foi condenado pelo Tribunal das Varas de Competência Mista do Funchal a uma pena de quatro anos e quatro meses de prisão, suspensa pelo mesmo período, por ter permitido obras em violação do Plano Director Municipal e em terrenos do domínio público marítimo, classificada pela UNESCO, desde Junho de 2011, como Reserva Mundial da Biosfera. Público.
Share:

Reflexão - Água privatizada é mais cara

"Muitas câmaras municipais têm vindo a privatizar o negócio da distribuição de água com resultados desastrosos. A maioria dos acordos de privatização provoca o aumento escandaloso dos preços no consumidor.
Por outro lado, garantem-se rendas fixas e lucros por décadas para os privados, ficando os prejuízos por conta dos orçamentos camarários.
Numa situação de monopólio natural, como é o caso da água, os cidadãos correm sempre enormes riscos. E se a existência de um monopólio público já é problemático, no caso de o monopólio ser privado, só uma regulação independente e implacável com os interesses económicos poderia garantir um serviço de qualidade a um preço justo. O que em Portugal se tem revelado improvável.
Acresce que as concessões municipais estão e estarão destinadas àqueles que dominam todos os negócios públicos locais, os construtores e promotores imobiliários. Um monopólio natural como é a distribuição da água entregue aos patos bravos do imobiliário, vai aumentar os preços, compromete a qualidade do serviço e constitui um verdadeiro suicídio anunciado para as finanças dos municípios."
Share:

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O esgoto é fixe, não o lixe


  • A central nuclear de Garano, a mais velha de Espanha, foi encerrada. A operadora antecipou-se, assim, à aplicação do novo tarifário que a poderia levar à bancarrota. Reuters.
  • A decisão da Comissão Europeia aprovar um esquema de certificação de óleo de palma é condenada por várias organizações ambientais que alegam a desflorestação na Indonésia e noutros países devido à palnatção massiva de palma para biocombustíveis. EurActiv.
  • Um video de trabalhadores dos esgotos de Londres apela aos clientes da Thames Water para não despejarem gorduras, panos de louça e produtos de higiene pelo cano de esgoto, de modo a evitar entupimentos que só causam prejuízos e inconvenientes. Youtube (3:14)
  • Os níveis de radiação de tritio continuam a subir num cemitério nuclear perto de Barnwell, na Carolina do Sul. A entidade reguladora do estado diz que a descontaminação do local não está na sua agenda.
  • O Banco Mundial é hipócrita, escreve Kate Sheppard na Mother Jones de 14 de dezembro.  Tudo porque o mês passado dizia que não admitia a subida de 4 graus nas temperaturas, e este mês pondera financiar uma central a carvão na Mongolia.
Share:

Mão pesada

A canadiana Teck Metals foi acusada de, entre 1930 e 1995, ter contaminado o lago Roosevelt e o rio Columbia com milhões de toneladas de resíduos de fundição. Este processo é o resultado de uma longa luta das tribos de ColvilleTerra.
Share:

domingo, 16 de dezembro de 2012

Redução da iluminação pública não implica aumento de criminalidade


Foto: Qin Qing/Corbis
  • “O apagão não contribuiu para o aumento de atos criminosos. Tive o cuidado de falar com as autoridades policiais que o confirmaram. O apagão parcial começou em Março. Registaram-se alguns furtos e roubos mas em zonas com a iluminação ligada. Não houve nenhuma relação entre os crimes e a falta de luz.” Álvaro Amaro, Presidente da Câmara de Gouveia, citado pelo Correio da Manhã.
  • A ACOSOP (Asociação de Cooperação e Solidariedade Entre os Povos) fez uma árvore de Natal com materiais reciclados. Pode ser vista e apreciada em Santo Estêvão, Lisboa. 
  • Várias organizações conservacionistas processaram o U.S. Export-Import Bank por este ter financiado em 3 mil milhões de dólares uma exploração de gás, através da fraturação hidráulica, na Grande Barreira de Corais, que é Área de Património Mundial, situada em Queensland, no nordeste da Austrália. Center for Biological Diversity.
Share:

Reflexão

O que é uma Área Marinha Protegida, por Frederico Cardigos.
Share:

Bico calado

  • “O dr. Paulo Portas precisa absolutamente de estar no Governo para manter a imunidade inclusivamente em relação à justiça pelo caso dos submarinos”. Ana Gomes num debate na TVI24 de 14dez2012.
  • "Não é justo que neste Natal muita gente não tenha comida em casa porque, entretanto, outros vivem com dinheiro da corrupção que tiraram a toda uma população. Provavelmente, Isaltino Morais, Duarte Lima, Oliveira e Costa irão passar um Natal quentinhos em casa porque arranjaram dinheiro para comprar essas casas à custa da corrupção", Paulo Morais citado pela Rádio Renascença.
Share:

sábado, 15 de dezembro de 2012

Milho transgénico avança no Alentejo


  • A Monsanto, através da sua academia de estudos Dekalb, encontra-se a desenvolver um campo de ensaios de variedades de milho transgénico junto a Serpa. Aquela multinacional orgulha-se de estar a mudar a agricultura no Alentejo, referindo aumentos de 60 e 20% no cultivo de milho transgénico, respetivamente, em relação a 2010 e a 2011. Diário do Alentejo de 14dez2012, via via Alambique.
  • Excesso de gaivotas em Lagos e Portimão gera queixas de residentes e turistas. A autarquia de Portimão celebrou um protocolo com a Mãe d’Água com o objetivo de estudar a evolução do número desta espécie de aves e propor medidas de controlo. CM. Será só nestas duas cidades?
  • O número de casos de cancro em adultos e crianças, motivados pelo consumo e contato com agrotóxicos, está crescendo na cidade de Unaí e na região Noroeste do Estado, denunciam  representantes de movimentos sociais, professores e membros do Poder Judiciário do Brasil. Assembleia Legislativa de Minas Gerais, via EcoDebate.
  • Casal de pinguins mantém relação há 16 anos em Magellanic, no sul da Argentina, confirma o investigador Pablo Garcia Borboroglu. Boas Notícias.
Share:

Mão pesada

Quatro funcionários do Deutsche Bank continuam detidos por casos de lavagem de dinheiro e obstrução da justiça relacionados com um esquema de comércio de emissões de créditos de carbono. Reuters.
Share:

Bico calado

“Portugal não é país para velhos. Os políticos devem pensar que os nossos velhos já estão mortos e que, no fim de contas, estamos todos mal enterrados”. Joaquim Letria
Share:

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Finalmente o corredor verde de Monsanto ao Parque Eduardo VII


Foto: ROSLAN RAHMAN/AFP/Getty Images
Share:

Bico calado

  • “Andamos excessivamente preocupados com tratar delicadamente os que vão para a Assembleia apenas para tratar da vidinha. É tempo de dizer, com o prof. Paulo Morais, que (entre os demais) os drs. António Vitorino e Paulo Rangel já estiveram juntos, de manhã, no mesmo escritório de advogados, a defender causas e proveitos comuns; e, ‘separados’, à tarde, na Assembleia, a pleitear questões aparentemente opostas. Talvez não haja conflito de interesses, mas o assunto causa engu- lhos, e atiça, certamente, suspeitas de ordem moral.” Baptista bastos in Que Parlamento é este? DN 12dez2012.
  • “(...) O primeiro-ministro, se ainda possui alguma réstia de dignidade e de moralidade, tem de explicar por que é que os magistrados continuam a não pagar impostos sobre uma parte significativa das suas retribuições; tem de explicar por que é que recebem mais de sete mil euros por ano como subsídio de habitação; tem de explicar por que é que essa remuneração está isenta de tributação, sobretudo quando o Governo aumenta asfixiantemente os impostos sobre o trabalho e se propõe cortar mais de mil milhões de euros nos apoios sociais, nomeadamente no subsídio de desemprego, no rendimento social de inserção, nos cheques-dentista para crianças e — pasme-se — no complemento solidário para idosos, ou seja, para aquelas pessoas que já não podem deslocar-se, alimentar-se nem fazer a sua higiene pessoal. O primeiro-ministro terá também de explicar ao país por que é que os juízes e os procuradores do STJ, do STA, do Tribunal Constitucional e do Tribunal de Contas, além de todas aquelas regalias, ainda têm o privilégio de receber ajudas de custas (de montante igual ao recebido pelos membros do Governo) por cada dia em que vão aos respetivos tribunais, ou seja, aos seus locais de trabalho. Se o não fizer, ficaremos todos, legitimamente, a suspeitar que o primeiro-ministro só mantém esses privilégios com o fito de, com eles, tentar comprar indulgências judiciais.” Marinho Pinto in Austeridade e privilégios, JN 29out2012.
Share:

A Arte de Furtar (24)

“E se esta ainda não bastar para alimpar de todo a nossa República e Reino porque há nele muitos incapazes da milícia (...) temos outra tesoura muito eficaz para os extinguir no Reino sem que escapem, assim haja quem aplique. Esta se chama Degredo. (...) Dirá alguém que a melhor tesoura de todas é a forca. Não a tenho por tal, porque aqui tratamos de emendar e não de extinguir o mundo, além de que não haverá forcas que bastem para tão grande pindura. Por mais capaz de tanta gente tenho o degredo, comam-se lá embora uns aos outros,  isso mesmo lhe servirá de castigo, e ficaremos livres deles até que se melhorem, que é o que se pertende, e os que se melhorarem tornem a nos ajudar com seu exemplo.”

A Arte de Furtar, Tomé Pinheiro Da Veiga/Padre António Vieira, p487-493  – Oficina de Martinho Schagen, Amsterdão 1744
Share:

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Reciclando


Foto: Tim Laman/National Geographic
  • O lixo produzido pelo material impresso da propaganda eleitoral de 2012 poderia ser utilizado para a publicação de 20 milhões de livros escolares com 50 páginas, calcula o juiz auxiliar da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral, Paulo Tamburini. D24am.
  • Os resíduos de alho e cebola podem vir a ser usados para filtrar metais pesados como arsénio, cádmio, ferro, chumbo, mercúrio e estanho, diz investigadores da GGS Indraprastha University.
Share:

Mão pesada

Share:

A Arte de Furtar (23)

“O mesmo digo aos Procuradores e Governadores da nossa República, que se queixam de haver nela tantos ladrões, que não os podem extinguir. Toquem caixa, toquem pífaro e trombeta, alistem-nos todos para os exércitos das fronteiras, para as armadas das Conquistas, empreguem suas unhas e garras em nossos inimigos e ficarão livres de suas invasões nas nossas fazendas. Esta é a melhor tesoura que há para cortar todas as unhas. (...) Esta é a segunda tesoura que ofereço para cortar de todo as unhas aos ladrões que nos inquietam.”

A Arte de Furtar, Tomé Pinheiro Da Veiga/Padre António Vieira, p486-487  – Oficina de Martinho Schagen, Amsterdão 1744
Share:

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Porque não te calas, Álvaro?


Foto: China Foto Press / Barcroft Media
  • A Quercus criticou o discurso feito pelo ministro da Economia, considerando lamentável que Santos Pereira esteja a intoxicar a opinião pública fazendo querer que o ambiente é a causa de muitos problemas que, infelizmente, atravessamos. Carlos Pimenta, antigo secretario de Estado do Ambiente, considerou as palavras do ministro da Economia “muito tristes”. TSF.
  • Os transgénicos deviam ser cultivados e comercializados livremente no Reino Unido, defende o secretário do Ambiente Owen Paterson. The Independent.
Share:

A Arte de Furtar (22)

“O melhor que há para achaque de unhas não há dúvida que é uma boa tesoura que as corte. E porque são muitas as que aqui se nos oferece, ofereço três tesouras que me parece bastarão para as cortar todas. (...) A primeira tesoura se chama Vigia porque é grande remédio para escapar de ladrões  vigiá-los bem. Ladrão vigiado é conhecido e em se vendo descoberto encolhe as unhas. Esta vigia corre por conta dos Reis, que devem mandar às suas justiças que não durmam. Muito dormem as justiças de Lisboa e à sua imitação as de todo o Reino. Já não há uma vara que ronde de noite nem quem cace um milhafre e por isso as unhas andam tão soltas.”

A Arte de Furtar, Tomé Pinheiro Da Veiga/Padre António Vieira, p480  – Oficina de Martinho Schagen, Amsterdão 1744
Share:

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Mais uma cimeira para a fotografia

Foto: Tim Laman/National Geographic

A ministra do Ambiente, Assunção Cristas, congratulou-se com o prolongamento do protocolo de Quioto até 2020, acordado em Doha, considerando muito positivo o resultado das negociações porque se reafirmou o compromisso de cumprir os objetivos que resultam da meta de redução de 20% na União Europeia. Porém, os signatários representam apenas 15 por cento das emissões mundiais, porque o Canadá, os Estados Unidos,  o Japão, a Rússia e a Nova Zelândia não assumiram compromissos. 
Esta cimeira, mais uma vez, evidenciou vários paradoxos. Organizada pelo Qatar, o lider mundial de emissões de carbono per capita, a cimeira pretendia chegar a um novo acordo sobre a luta contra o aquecimento global, que fixaria novas metas de redução de gases de efeito estufa e prolongaria até 2015 o protocolo de Quioto e acabou-se por adiar por cinco anos esse objetivo, e apenas responsabilizando 15% dos países (União Europeia, Austrália, Noruega, Islândia, Croácia, Kazaquiatão, Liechtenstein e Mónaco). 
Esta cimeira acabou por repetir os falhanços registados nas cimeiras de Copenhaga (2009), Cancún (2010) e Durban (2011), sustentado pela falta de união e pela fraca liderança da União Europeia. 
Persiste o impasse de países ricos que não querem ceder terreno e de países pobres que exigem muito mais compensações para as consequências do aquecimento global de que são vítimas.
Apesar das boas intenções manifestadas pelos líderes globais, o problema continua sendo a urgência imposta pela crise climática, que se agrava em velocidade inversamente proporcional às negociações diplomáticas
Share:

Bico calado

  • 400 pensões milionárias de ex-políticos portugueses. Youtube (2:31)
  • Natal dá ponte de cinco dias aos funcionários públicos na Madeira, goza o Público.
  • “Os contornos da despesa, porém, não são claros.  A Câmara contratou a Egeac, uma empresa para contratar outras... 9!  Desta forma rende, ajudam-se mais empresas amigas e dá-se uso a muitos mais impostos. Além do mais os funcionários da câmara, descansam. E desta forma, vários contratos divididos por várias empresas, permite que nenhuma ultrapasse os 75 mil euros, livrando-se de ir a concurso público, e da concorrência, que poderia fazer preços mais baixos.  Os ajustes diretos impedem as empresas honestas e desconhecidas de poderem singrar neste país onde a democracia é uma miragem, e a livre concorrência uma vitima, há muito sufocada pela corrupção.” Apodrece Tuga.
Share:

A Arte de Furtar (21)

“Outro soldado português da Índia na mesma Corte gastou anos alegando inumeráveis serviços para o despacharem com um pedaço de pão honrado para a velhice. Vendo que se lhe goravam suas pretenções pelas vias ordinárias, tratou de se ajudar de unhas apressadas (...) E achou-as com pouco dispêndio do feu cabedal, que era já bem limitado, no pincel do melhor pintor de Madrid. Mandou-se retratar muito ao vivo quase morto, com quantas feridas tinha recebido no serviço de el-rei, que passavam de vinte, todas penetrantes e em todas elas as armas ofensivas com que os inimigos o feriram, que por serem diversas, faziam com o sangue um espetácculo horrendo no retrato. (...) Com esta pintura e seus papéis se apresentou diante de el-rei Filipe em audiência pública, e desenrolando-a lhe disse em alta voz: Senhor, eu sou o que mostra este retrato. Nestes papéis autênticos trago provas de como recebi todas estas feridas no serviço da Coroa de Portugal na Índia e a melhor prova de tudo trago escrita em meu corpo, que Vossa Magestade pode mandar ver e achará que em tudo falo verdade. Seja Vossa Magestade servido de me mandar despachar, como pedem estes serviços e merecimentos. Enterneceu-se o rei, pasmaram os circunstantes e saiu logo dali despachado o pretendente com uma comenda grande, a que pôs embargos a inveja e lha fez comutar em outra pequena porque não era fidalgo ou porque não encheu as unhas apressadas, que tudo alcançam ou tudo estorvam.”

A Arte de Furtar, Tomé Pinheiro Da Veiga/Padre António Vieira, p373-375  – Oficina de Martinho Schagen, Amsterdão 1744
Share:

domingo, 9 de dezembro de 2012

Peixes-gato caçam pombos


  • Peixes-gato já aprenderam a caçar pombos. Acontece na margem de uma ilhota no rio Tarn, em Albi, sudoeste de frança. Discover Magazine.
  • A China tem um vasto projeto de eliminação de 700 montes. O Pacific Construction Group vai movimentar terras para permitir a implantação de um novo distrito urbano a nordeste da capital da provínicia de Gansu. As autoridades já descartaram opiniões críticas ao projeto que alegavam os elevados níveis de poluição da zona e a eventual escassez de água.
Share:

Bico calado

Viana do Castelo tem a maior árvore de Natal natural da Europa. A árvore de 50 metros de altura já está iluminada com 40 mil lâmpadas. Bravo, mas não têm capacidade nem competência para gerir estaleiros navais como deve ser.
Share:

A Arte de Furtar (20)

“Em Itália é costume e lei que sustente a Justiça os presos enquanto estiverem na cadeia. E é bom remédio para que lhes apressem as causas. Em Portugal ainda a justiça não abriu os olhos nisto. Prendem milhares de homens por dá cá aquela palha. Se acertam de ser miseráveis, como ordinariamente são quase todos, na prisão perecem sem cama e sem mantimento, porque a Misericórdia não abrange a tantas obrigações da justiça, que as podem temperar todas só com lhe apressar as causas. Se houvera lei que pagassem os Ministros as demoras culpáveis, pode ser que eles e os seus oficiais andassem mais diligentes.”

A Arte de Furtar, Tomé Pinheiro Da Veiga/Padre António Vieira, p365-366  – Oficina de Martinho Schagen, Amsterdão 1744
Share:

sábado, 8 de dezembro de 2012

Uma orquestra de instrumentos reciclados?


  • Chuva intensa inundou a região de Lisboa, conta a RTPIsto acontece porque durante décadas houve muito cimento e alcatrão que impermeabilizaram os solos da cidade. Para além disso, os pluviais não deverão ter sido convenientemente limpos e desobstruídos porque o dinheiro da câmara foi, entre outras coisas,  queimado a pagar as pompas de finais de etapas de voltas a Portugal na árvore de Natal do Terreiro do Paço. Como sempre, o dinheiro não chega para tudo, não é, Zé?
  • Aragão foi declarado Território Livre de Fraturação Hidráulica, uma tecnologia utilizada para extração de gás e petróleo responsável pela contaminação desastrosa de lençõis freáticos, entre outros impactos. EA.
  • O Qatar deportou dois jovens ativistas que desdobraram e exibiram um pano apelando ao Qatar para ser mais firme no combate às alterações climáticas. A cena desenrolou-se no átrio onde se realizava uma conferência para negociar medidas de combate às alterações climáticas. Reuters. Totalmente ao contrário do que aconteceu com Passos Coelho ainda há bem pouco tempo...
  • A prolongada seca que aflige o Corno de África provocou a migração tardia para a Europa de muitas espécies de aves canoras, conclui um estudo da Universidade de Copenhagen.
  • Centenas de milhar de mosquitos transgénicos vão ser lançados na Florida com o objetivo de combater o mosquito que transmite a dengue. Apesar dos responsáveis científicos garantirem que não há perigo para os humanos, muito boa gente da zona de Florida Keys, nomeadamente ligada ao turismo, tem dúvidas e já recolheu mais de cem mil assinaturas exigindo mais investigação e mais controlo por parte do governo. RT.
  • A Greenpeace critica os representantes dos países membros da Comissão das Pescas do Pacífico Ocidental e Central por permitirem a eliminação contínua dos cardumes de atum já em risco de extinção. FishUpdate.
  • Três funcionários chineses que aprovaram e coordenaram um teste de arroz transgénico em alunos de escolas da província de Hunan foram despedidos. China Daily.
  • Uma orquestra de instrumentos recicladosPois, não se deve deitar coisas fora à toa. Muito menos pessoas.
Share:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue