Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

  • Ambiente Ondas3

    Notícias sobre Ambiente. Sem patrocínios privados ou estatais. Desde janeiro de 2004.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Madeira: tragédia era expectável

 Biosfera, RTP2 Abril 2008.
  • A Quercus denunciou novo abate de dezenas de sobreiros na na freguesia de S. Sebastião/Alto do Guerra, periferia de Setúbal, para construção de uma via rápida entre a A12 e a EN 10-8, considerando que a destruição de zonas verdes nesta região reflete um deficiente planeamento do território. Público. O projecto é tão urgente, tão premente, tão PIN, que foi tudo raso e logo limpo para não dar nas vistas.
  • O rio Pó, em Itália, foi poluído por milhões de litros de combustível despejados de um depósito de uma antiga refinaria junto do rio Lambro, afluente que passa próximo de Monza.  A ocorrência terá sido obra de sabotagem. The Guardian.
  • Componentes da casca do pinheiro-bravo podem ser um substituto muito eficiente e ambientalmente adequado para o crómio na indústria dos curtumes, evitando-se assim os problemas ambientais e toxicológicos associados, conclui uma investigação realizada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e coordenada por Hermínio Sousa. Público.
  • A Embrapa Acre, em parceria com a Universidade Federal de Viçosa, está a pesquisar óleos essenciais de pimenta-de-macaco (Piper aduncum), para serem utilizados como inseticidas orgânicos. Envolverde.
  • Um juiz de Manhattan proibiu a comercialização do spirotetramat, um pesticida da Bayer CropScience por ser considerado tóxico e responsável pelo extermínio de abelhas. Natural News.
Share:

Bico calado

  • No jogo entre o Real Madrid e o Villareal, Cristiano Ronaldo brindou um dos golos que marcou exibindo uma camisola interior onde se podia ler MADEIRA, num acto de solidariedade para com as vítimas das enxuradas. O ano passado, no jogo entre o Sevilla e o Deportivo da Corunha, Kanouté brindou um dos golos que marcou exibindo uma camisola interior que dizia PALESTINA, tendo, por isso, e por força dos regulamentos da FIFA, sido castigado com um amarelo. Porquê a diferença de tratamento? Via Investigando o Imperialismo.
  • O director do Expresso, Henrique Monteiro, afirmou no Parlamento que o semanário já foi alvo de pressões políticas de José Sócrates a propósito de notícias sobre a licenciatura do primeiro ministro. "O primeiro ministro telefonou-me uma noite e esteve mais de hora e meia a pedir-me para não publicarmos uma notícia sobre a sua licenciatura", contou Henrique Monteiro, acrescentando que "se isto é uma pressão legitima, não há pressões ilegítimas". De acordo como director, a decisão do jornal foi avançar com as notícias em causa, tendo "pago um preço por isso". Antena1 24 Fev 2010, 16:21:45.
Share:

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Mar fura costa de Ovar

S. Mamede de Ribatua, Alijó.
  • O Rio Alcoa, que nasce em Alcobaça e desagua na Nazaré, vai ser requalificado em toda a sua extensão de 14 km de margens, com a criação de passeios pedonais, áreas de lazer e desportivas. Tinta Fresca. Mais do que curiosidade, começo a ter receio deste tipo de requalificações. Quando é que uma requalificação se fica pela despoluição das águas do rio, da limpeza das suas margens e pela garantia da livre circulação pedonal ao longo das suas margens?
  • Os estragos que o mar está a causar no Furadouro levaram a Câmara de Ovar a reclamar novas soluções técnicas para o problema, por considerar insuficientes as obras de emergência efectuadas no local pela Administração da Região Hidrográfica do Centro. "Este ano o mau tempo está a ser um problema nessa zona", comentou o presidente autarquia, Manuel Alves de Oliveira. "Tínhamos feito a requalificação urbana do Furadouro há relativamente pouco tempo e a força do mar já está a provocar a destruição de algumas áreas", acrescentou, sugerindo a implantação de molhes paralelos à costa para atenuar o efeito das ondas. Público. Certamente este autarca toca pela mesma partitura de outros autarcas como os de Gondomar, Rio Tinto e Funchal que pensam que podem implantar projectos onde querem e se esquecem que há rios, que há mar, que há árvores com direito ao seu território. Certamente desconhece o que Álvaro Reis escreveu em A Praia dos Tubarões e Quando o mar enrola na areia.
  • A Areva conseguiu exclusividade para extrair urânio da região cenral da Jordânia durante 25 anos. WNN.
  • O governo de Obama aprovou um subsídio de 1.4 milhares de milhão para projecto de central solar no deserto Mojave para abastecer 140.000 casas de electricidade.
Share:

Bico calado

  • Este gesto de Mourinho valeu-lhe suspensão por três jogos e uma multa de 40 mil euros. Este gesto de Aznar quanto lhe custou? Para já não falar deste.
  • O empresário madeirense Joe Berardo apelou à "união dos portugueses" para "andar para a frente", considerando que "não era preciso uma desgraça" como a do mau tempo na Madeira para "unir os portugueses". Lusa/RTP.
  • Nova frota de automóveis para os excelentíssimos senhores deputados. Video.
Share:

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Tragédia era expectável

 São Mamede de Ribatua, Alijó.

  • O geógrafo e antigo vereador do ambiente da Câmara Municipal do Funchal, Raimundo Quintal, afirmou que a tragédia que ocorreu na Madeira era expectável. i. Só agora fiquei a saber por que razão, durante anos, os boletins metereológicos dos vários canais da nossa tv previam sempre sol para o Funchal e chuva para os Açores, e, mesmo que chovesse na Madeira, era só na costa norte porque por cima do Funchal havia sempre sol a brilhar. Dizem agora que houve esta catástrofe porque o Funchal não tem radar metereológico que podia avisar a chegada da tempestade três horas antes. Curioso foi também ver e ouvir João Jardim apelar aos media para não dramatizarem a calamidade madeirense para não prejudicar a indústria turística. Como assim, se foi ele que já tinha pedido apoio a Bruxelas via Durão Barroso? João Jardim não quer a dramatização da calamidade mas vai querer muita captação de verba, não é? Então para ter muita verba vai ter que chorar muito, cá dentro e lá fora, porque quem não chora não mama.
  • O Ayuntamiento de Viladecans e o FC Barcelona querem construir um mega complexo comercial, desportivo, hoteleiro e lúdico no Delta del Llobregat, mesmo ao lado de uma zona de alto valor ecológico integrado na Rede Natura 2000 e na reserva natural de Remolar-Filipines. 20Minutos.
  • A Comissão Europeia propôs aos Estados-membros que apoiem a proibição do comércio de atum rabilho em 2011, uma espécie  ameaçada devido às capturas excessivas.  SIC.
  • A explosão das quantidades de resíduos electrónicos, como computadores e telemóveis, vai provocar graves problemas sanitários e ambientais nos países em vias de desenvolvimento se não for lançada nenhuma política para recolher e reciclar estes equipamentos e os reciclar, advertiu a ONU. Só na Índia, o lixo electrónico deverá registar um aumento de 500% até 2020.
  • Novo currículo de educação ambiental para todos os níveis de ensino foi aprovado pela Califórnia. O novo currículo, desenvolvido e testado durante os últimos 7 anos, inclui desde lições sobre a cadeia alimentar e os ecossitemas, para os mais jovens, até sobre relações entre governo, economia e ambiente para os mais velhos. Mercury News.
  • Pescadores de Pernambuco denunciam dano ambiental na costa e queixam-se de que pesquisas sísmicas feitas pela Petrobras dificultam a pesca e interferem na reprodução de peixes. EcoDebate.
  • O Brasil vai ajudar a construir uma barragem no Haiti. Já há dinheiro e tudo. África 21. Não há tempo a perder, há que aproveitar a coisa, não vá o pessoal arrepender-se e alguns levantar a lebre.
Share:

Bico calado

  • Este gesto de Mourinho valeu-lhe suspensão por três jogos e uma multa de 40 mil euros. Este gesto de Aznar quanto lhe custou? Para já não falar deste.
  • O empresário madeirense Joe Berardo apelou à "união dos portugueses" para "andar para a frente", considerando que "não era preciso uma desgraça" como a do mau tempo na Madeira para "unir os portugueses". Lusa/RTP.
Share:

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Mais bares em praias pequenas e frágeis?

Imbecis, doidos, palermas, pelintras. Estes são  alguns dos vitupérios que tenho ouvido de gente amiga e conhecida com quem convivo e de desconhecidos com quem me cruzo. Perplexos, olham para as mais de 40 estacas travestidas de sapatas em betão, cravadas junto do tubo de captação de água do mar que abastece a piscina Solário Atlântico e a sua talassoterapia, e duvidam da existência do bom senso, uma vez que a praia, que já não era grande, ficou reduzida com uma avenida acrescentada em honra de heróis do vólei e agora ainda querem torná-la mais pequena com este e outros bares. Incrédulos, observam o evoluir de uma obra que, apostam, é para enterrar dinheiro porque o mar joga em casa,  conhece-lhe os cantos e sabe muito bem o que lhe pertence. Cínicos, apostam que a obra é excelente para proteger a piscina das marés vivas e que cada um é livre de enterrar o dinheiro que quiser, até porque Espinho não é diferente de outras terras lusas férteis em cenas do tipo fartar vilanagem. Simplesmente lamentável.

Sobre este tema escrevi uma crónica publicada no semanário Maré Viva de 17 de Fevreiro. Se o lerem, filtrem o humor qb.
Share:

Software brasileiro analisa Ambiente

  • A situação catastrófica que se vive actualmente no Funchal e em alguns concelhos limítrofes devido às fortes chuvas é também consequência das construções junto aos leitos das linhas de água, dos lixos, terras e entulhos que têm sido despejadas dentro das ribeiras e da impermeabilização cada vez maior dos solos, disse Hélder Spínola, da Quercus, citado pelo Público.
  • Cientistas brasileiros do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo desenvolveram um programa de computador que aponta a existência de espécies raras em determinadas áreas, controla a ocorrência de doenças infecciosas e faz a previsão de impactos de mudanças climáticas.
  • O governo da Argentina intensificou uma ofensiva diplomática contra a decisão da Inglaterra de explorar petróleo na região das Ilhas Malvinas. O chanceler da Argentina, Jorge Taiana, deve pedir o apoio do Brasil e países vizinhos para que colaborem com a iniciativa argentina. África21.
Share:

Mão pesada

O proprietário do cargueiro responsável pelo derrame de combustível na Baía de San Francisco em Novembro de 2007 foi multado em 10 milhões de dólares. Earth Times.
Share:

Bico calado

“Estes silêncios que variam entre o ameaçador, o irónico e o cínico, estão a dar ao país uma mensagem clara: os agentes do Estado protegem-se uns aos outros com silêncios cúmplices sempre que um deles é apanhado com as calças na mão (ou sem elas) violando crianças da Casa Pia, roubando carris para vender na sucata, viabilizando centros comerciais em cima de reservas naturais, comprando habilitações para preencher os vazios humanísticos que a aculturação deixou em aberto ou aceitando acções não cotadas de uma qualquer obscuridade empresarial que rendem 147,5% ao ano.” Mário Crespo in Os Intocáveis, JN 2Nov2009. Via Catarse.
Share:

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Justiça suspende obras em duas barragens


Espinho, Rua 23 entre as ruas 4 e 6. A foto regista os trabalhos de conclusão da operação de eliminação de um ecoponto que durante vários anos foi usado indevidamente, como se pode ver por esta foto publicada no Ondas3 de 13 de Agosto de 2007. Presumo que a autarquia preferiu eliminar um equipamento a dialogar com os vizinhos para tentar consciencializá-los para a sua utilização correcta.Opções.
  • Investir em árvores para obter retorno financeiro? Claro, diz Miguel Barros, da Madeiras Nobres. E fala de 8-13% de rendimentos anuais. Lusa/Diário do Sul.
  • Os navios que fizeram escala no porto do Funchal, em 2009, descarregaram 135 toneladas de lixo, representando para a câmara local um encaixe financeiro de cerca de nove mil euros. Diário Digital / Lusa. Se o lixo é um grande negócio para a autarquia do Funchal, para a de Esposende deve ser um pesadelo porque não o quer e transferiu as suas competências nessa área para a Esposende Ambiente.
  • A quarta geração de energia nuclear pode não ser a solução milagrosa para a dita energia limpa, alerta um relatório da International Panel on Fissile Materials. Esta geração pode estar a ser apoiada e dourada por pessoas como Bill Gates, mas representa uma série de riscos bastante perigosos, por exemplo, o líquido de arrefecimento do reactor é o sódio líquido, que é altamente reactivo, explodindo em contato com água e queima no ar. Finantial Times.
  • Duas obras lançadas o ano passado como solução pelo governo gaúcho para amenizar as fortes estiagens na Campanha e no centro do Estado correm o risco de ficar inacabadas. A Justiça de Lavras do Sul mandou parar as construções das barragens de Jaguari e de Taquarembó e concedeu o prazo de dois meses para que o Estado apresente estudo de impacto ambiental completo. Zero Hora.
  • O Japão deve deixar de caçar baleias, sob pena de ser levado aos tribunais internacionais, advertiu o primeiro-ministro australiano Kevin Rudd. Público.
  • O governo filipino apelou à poupança de água perante um longo período de seca que já causou prejuízos de cerca de 65 milhões de dólares. Earth Timnes.
  • Lagos e rios com formas bizarras. Environmental Graffiti.
Share:

Bico calado

  • Apetite sexual de tartaruga de 70 anos surpreende Zoo de Londres. BBC Brasil.
  • “Mais dez ou doze barragens, para aumentar 3% na produção eléctrica nacional, é um caso de serial killer à solta que tem que ser imediatamente travado, antes que destrua, por exemplo, todo o esforço que agora começa a ser dedicado às regiões do Douro e Trás-os-Montes, com a dignidade e o respeito que lhes são devidos.” António Cerveira Pinto in Aproveitemos a Crise, O António Maria.
  • "(...) em clara violação do espírito do princípio do utilizador-pagador, o contribuinte português, depois de ter pago a infra-estrutura, subsidiará agora o seu uso." Pedro Martins Barata in Mais uma evidência da insustentabilidade de Alqueva, Ambio.
  • Dois picos, dois parques, duas verdades, por José Moreira, in O Cântaro Zangado.
  • “Olhem para o que se passa em Singapura, Coreia do Sul e outros países que figuram nos primeiros lugares do PISA e vejam se por lá há tanto interveniente e tanta complicação na avaliação dos alunos. Naqueles países, os políticos e os pais confiam na autoridade dos professores.” Ramiro Marques in ProfBlog.
Share:

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Cortes no orçamento encerram parques

Na fase final da inspecção, já no perímetro urbano, ao passar pela “lota” improvisada da comunidade piscatória local, um dos participantes reparou num caixote de plástico verde e laranja cheio de cadáveres de patos pretos (Melanitta nigra) à venda!
Estes patos marinhos, relativamente comuns no litoral norte durante o Inverno (são, por isso, aves invernantes), alimentam-se no mar em águas de baixa profundidade, junto a praias arenosas.
As questões que os participantes na inspecção costeira levantaram foram: os patos pretos pousaram em bando no mar, enredaram-se na rede, morreram de exaustão e vieram com o arrasto? Os patos pretos morreram por causas desconhecidas e deram à costa já mortos, onde foram recolhidos e depois postos à venda? Os patos pretos, presos na rede, estavam vivos antes do arrasto e foram mortos ainda no mar? Torcer o pescoço a um pato cansado é fácil…
Informações recolhidas posteriormente indicaram cadáveres de M. nigra dados à costa nos últimos tempos (um exemplar jaz há já vários dias na praia das Sereias, por exemplo). E aqui, as questões que se colocam, relacionadas com a venda ao público de patos pretos juntamente com cavalas, são mais do domínio da saúde pública que do domínio da preservação das espécies…
Sobre este triste assunto dos patos pretos no caixote de plástico, nós, como conservacionistas, devemo-nos principalmente importar com a resposta a esta pergunta: os Melanitta nigra estavam mortos na rede ou foram mortos pela rede?
Manuel Leite, Geólogo,
a propósito de observação costeira levada a cabo no Sábado passado, 30 de Janeiro, entre a Barrinha de Esmoriz-Lagoa de Paramos e a Praia da Baía, em Espinho.
  • O fazendeiro acusado de ser o mandante do assassinato de Dorothy Stang, Vitalmiro Bastos de Moura, o Bida, entregou-se à Polícia Civil do Pará. Condenado a 30 anos de prisão em 2007, Bida foi inocentado em 2008, tendo o Ministério Público entrado com um recurso e a Justiça paraense anulado a absolvição do fazendeiro e determinado nova prisão. Dorothy Stang foi assassinada com seis tiros em 12 de fevereiro de 2005, no município de Anapu, sudeste do Pará. A missionária trabalhava com pequenos agricultores pelo direito à terra e contra a exploração de grandes fazendeiros da região. Africa21.
  • O governo de Obama aprovou o corte de orçamento para conservação de parques estaduais. Por isso, o Arizona vai fechar 13 e a Califórnia 220. LATimes.
Share:

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Governo despacha entulho para área ecológica protegida

Rio Ul, no Parque da Cidade de S. João da Madeira.
  • Parte do entulho das obras de construção da variante à EN 222 (ponte do Arda/EM 504), em Castelo de Paiva, vai ser colocado em reserva ecológica nacional, assim manda um despacho do governo de José Sócrates publicado em Diário da República. JN.
  • Várias toneladas de pedra foram descarregadas na praia da Foz do Arelho, onde a força das correntes obrigou à construção de um esporão para protecção do tubo que transporta esgotos para o mar. CM.
  • A Ribeira dos Milagres sofreu mais uma descarga poluente de suiniculturas. Público.
  • O Governo Regional dos Açores vai criar uma sociedade de gestão ambiental e conservação da natureza, com carácter empresarial. O objectivo é gerir os centros de interpretação ambiental e as ecotecas, e a contratação de serviços de limpeza e manutenção dos parques naturais. Rádio Pico.
  • O ministro do Ambiente alemão, Robert Röttgen, apoia o abandono da energia nuclear, contrariando a linha defendida pelo seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU), favorável a prolongar a vida das centrais nucleares. Globo.
Share:

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Cinzas polémicas em Gondomar


"Outro aspecto digno de nota foi a acumulação significativa de fragmentos dos depósitos lagunares argilo-orgânicos subjacentes ao areal de Paramos e Silvalde: com o recuo do litoral e a remobilização das areias de praia durante o Inverno, o fundo lodoso de uma antiga extensão do haff-delta de Aveiro (a que impropriamente chamamos “ria”), existente até à Idade Média e desde então coberto por areias de praia, está a aflorar na zona inter-maré a sul do segundo esporão de Silvalde. Tratando-se de materiais orgânicos e argilosos muito pouco resistentes, a erosão marinha destrói rapidamente este tipo de paleosolo (solo antigo) mal ele deixa de estar protegido pelas camadas de areia sobrejacentes, atirando grandes fragmentos para o areal: numa extensão de centenas de metros, blocos cinzentos-escuros, com restos de vegetais seculares, fazem um contraste notável com a clara areia quartzo-feldspática." Manuel Leite, Geólogo.
  • Uma fuga de amoníaco numa fábrica em Samora Correia, Santarém, causou 28 feridos, um destes em estado grave. JN.
  • O tarifário do lixo vai subir 40% ao longo dos próximos 3 anos em São João da Madeira. O Regional. Será que esta medida vai fazer os sanjoanenses reduzir o lixo que produzem?
  • A construção da auto-estrada A41/IC24 em Gondomar poderá estar na origem de um problema ambiental relacionado com a transferência de cinzas perigosas produzidas pela Central Termoelétrica de Gondomar, até aqui depositados num terreno que será atravessado pela nova via. A Quercus já alertou a ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, questionando se o ministério vai aceitar que os resíduos em causa venham a ter como destino um aterro de inertes que não garante condições de impermeabilidade. Público.
  • A Galp Energia adquiriu à Martifer Renewables, uma participada da Martifer SGPS, 50% do capital da sociedade Parque Eólico da Penha da Gardunha, Lda., a qual detém actualmente 30% do capital social da Ventinveste. Ambiente Online.
  • O governo sueco ordenou uma investigação sobre a alegada deposição, no Mar Báltico, de 1989 a 1992, de armas químicas e lixo radioactivo de uma antiga base militar soviética localizada na Letónia. Earth Times.
Share:

Bico calado

  • “Jardim tem-se dado bem com o recurso sistemático à chantagem para vampirizar o Orçamento do Estado e conseguir recordes de endividamento que lhe vão permitindo fazer, com dinheiro alheio, a obra "urbanística, rodoviária e turística" que Almeida Santos tanto admira e alimenta há anos as tentaculares clientelas locais do PSD.” Manuel António Pina, in Umas migalhas para Jardim, JN 4Fev2010.
  • “Nenhum destes actores do nosso quotidiano tinha passado nas audições para o casting de papéis relevantes na vida pública nos Estados Unidos.” Mário Crespo in Avaliação em cidadania avançada.
Share:

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Frete para aprovar o Vale dos Socorridos?

Não tenham ilusões: esta espécie de blow-out foi induzida por acção humana. Eu explico. Estamos numa praia de Espinho, no enfiamento do campo de Golfe a nascente. Para facilitar o escoamento de águas pluviais acumuladas na zona do campo do Golfe, especialistas locais acharam por bem abrir um canal até à praia, rompendo a duna primária. O mar agradece e, de vez em quando, não só faz uma visitinha lá cima como parece gostar do ambiente e deixa-se ficar por lá sob a forma de pequena lagoa. Ora digam lá se este tipo de blow-out não merece uma referência condigna.
  • O vereador do CDS/PP na Câmara do Funchal, Lino Abreu, acusou a autarquia PSD de subverter e desvirtuar o Plano Director Municipal ao aprovar o Plano de Pormenor do Vale dos Socorridos, que vai permitir a urbanização da zona. “O CDS/PP não pode simplesmente aceitar que um privado venha subverter o PDM, criando mini-zonas industriais no leito e na orla da ribeira dos Socorridos, até porque parques industriais já o Funchal tem muitos e quase todos às moscas”, disse o autarca. Público.
  • A Ponta da Ferraria, em S. Miguel-Açores, está a ser requalificada. Em nome da preservação dos valores naturais e de outras figuras do estilo vai ser rasgado um novo acesso e implantado um parque de estacionamento. Os construtores são os mesmos do costume. Amigos do Calhau.
  • Duzentas pessoas participaram numa marcha lenta e protestaram frente à Câmara de Barcelos contra a exploração de caulinos em Barqueiros que, dizem os prejudicados, lhes seca e contamina os terrenos. JN.
  • PS, PSD e CDS unidos em defesa dos grandes interesses económicos chumbam iniciativa de “Os Verdes” que visava suspensão das barragens. Os Verdes.
  • A Almargem defendeu a criação de um plano de intervenção para recuperar os habitats naturais do Pego do Inferno, Tavira, local visitado anualmente por milhares de pessoas, mas repleto de problemas sem solução à vista. RTP.
  • A EDP é incansável e inesgotável na produção de greenwash. Nunca o greenwash foi tão renovável como agora que é produzido pela EDP. Bravo!
  • A Finlândia e a Suécia levaram um puxão de orelhas da Comissão Europeia por incumprimento de projectos de esgotos. A Alemanha, a Bélgica, a França, o Luxemburgo e Portugal já tinham merecido igual puxão de orelhas pelos mesmos motivos. Journal de l'Environnement.
  • Mansões têm sido construídas em Área de Preservação Ambiental permanente no Maranhão, nos Lençóis Maranhenses, substituindo a Floresta de Buriti, porque não há fiscalização. A Justiça Federal do Brasil já ordenou a demolição de 9, enquanto 40 outros processos aguardam provável solução idêntica. O Globo.
  • Máquina transforma papel usado em papel higiénico. Video 2'.
Share:

Bico calado

  • O Fim da Linha, por Mário Crespo - "Terça-feira dia 26 de Janeiro. Dia de Orçamento. O Primeiro-ministro José Sócrates, o Ministro de Estado Pedro Silva Pereira, o Ministro de Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão e um executivo de televisão encontraram-se à hora do almoço no restaurante de um hotel em Lisboa. Fui o epicentro da parte mais colérica de uma conversa claramente ouvida nas mesas em redor. Sem fazerem recato, fui publicamente referenciado como sendo mentalmente débil ("um louco") a necessitar de ("ir para o manicómio"). Fui descrito como "um profissional impreparado". Que injustiça. Eu, que dei aulas na Independente. A defunta alma mater de tanto saber em Portugal. Definiram-me como "um problema" que teria que ter "solução". Houve, no restaurante, quem ficasse incomodado com a conversa e me tivesse feito chegar um registo. É fidedigno. Confirmei-o. Uma das minhas fontes para o aval da legitimidade do episódio comentou (por escrito): "(...) o PM tem qualidades e defeitos, entre os quais se inclui uma certa dificuldade para conviver com o jornalismo livre (...)". É banal um jornalista cair no desagrado do poder. Há um grau de adversariedade que é essencial para fazer funcionar o sistema de colheita, retrato e análise da informação que circula num Estado. Sem essa dialéctica só há monólogos. Sem esse confronto só há Yes-Men cabeceando em redor de líderes do momento dizendo yes-coisas, seja qual for o absurdo que sejam chamados a validar. Sem contraditório os líderes ficam sem saber quem são, no meio das realidades construídas pelos bajuladores pagos. Isto é mau para qualquer sociedade. Em sociedades saudáveis os contraditórios são tidos em conta. Executivos saudáveis procuram-nos e distanciam-se dos executores acríticos venerandos e obrigados. Nas comunidades insalubres e nas lideranças decadentes os contraditórios são considerados ofensas, ultrajes e produtos de demência. Os críticos passam a ser "um problema" que exige "solução". Portugal, com José Sócrates, Pedro Silva Pereira, Jorge Lacão e com o executivo de TV que os ouviu sem contraditar, tornou-se numa sociedade insalubre. Em 2010 o Primeiro-ministro já não tem tantos "problemas" nos media como tinha em 2009. O "problema" Manuela Moura Guedes desapareceu. O problema José Eduardo Moniz foi "solucionado". O Jornal de Sexta da TVI passou a ser um jornal à sexta-feira e deixou de ser "um problema". Foi-se o "problema" que era o Director do Público. Agora, que o "problema" Marcelo Rebelo de Sousa começou a ser resolvido na RTP, o Primeiro Ministro de Portugal, o Ministro de Estado e o Ministro dos Assuntos Parlamentares que tem a tutela da comunicação social abordam com um experiente executivo de TV, em dia de Orçamento, mais "um problema que tem que ser solucionado". Eu. Que pervertido sentido de Estado. Que perigosa palhaçada." Expresso.
  • As hienas do primeiro mundo já atacam no Haiti, por Américo Canhoto, in EcoDebate.
Share:

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Alarme avariado dá multa

Era este o aspecto dos efeitos da erosão na orla costeira espinhense, entre o esporão a norte da Capela de S. João e o esporão da ex Carreira doTiro.
  • O proprietário de um carro vai ser autuado, ao abrigo da lei do ruído, por ter deixado o alarme da sua viatura a tocar por um período superior a 20 minutos numa rua do Bairro Alto, em Lisboa, onde mora o ministro da Justiça, Alberto Martins. CM.
  • "A técnica é simples. Falar muito rápido apresentando dados e "vantagens" da construção da dita e deixando algumas deixas, "laterais", em suspenso, e no ar, como quem não quer a coisa, imediatamente seguidas de novos dados e "vantagens" não dando sequer tempo a que os ouvintes tirem as suas notas com calma e ponderação." Acerca de debate impactes ambientais da possível construção da Barragem de Fridão em Amarante.
  • A mineira norte-americana Doe run foi expulsa do Peru por não corrigir a sua atitude e não despoluir os solos que contamina. FP/The Raw Story.
  • As baleias dormem menos do que duas horas por dia e fazem sonecas de 10-15 minutos enquanto mergulham ao largo dos Açores, revelam investigadores da St Andrews University. The Guardian.
  • Mil cabeças de gado foram apreendidas por 100 agentes federais em Novo Progresso. Uma equipa de televisão foi detida durante mais de 4 horas quando fazia imagens da operação na Flona do Jamanxim.
Share:

Bico calado

  • "As dificuldades de comunicação entre as diferentes hierarquias da administração central e local, dentro dos próprios serviços camarários e, em particular, mas talvez a mais importante, a ausência de meios de comunicação/divulgação eficazes, para o exterior, que promovam uma informação e sensibilização eficaz, aliada à indiferença perante a especificidade de certas realidades (que apesar de marginais incorporam aspectos positivos), a morosidade dos processos de licenciamento, etc, tornam propício o crescimento da oferta de produção paralela (ilegal) cuja importância e dimensão não podem ser negadas." Carlos Sárria em Reflexões de um Peixe-Aranha.
  • "Declaro solenemente dizer a verdade, parte da verdade e apenas a verdade" - Tony Blair no âmbito do inquèrito à Guerra do Iraque, cartoon de Chris riddel no Observer de 31Jan2010.
  • Sócrates apela à união nacional pelo respeito dos valores da República. Duas palavras nste título do Público trazem ecos de memórias menos agradáveis.
  • "Num país dobrado à pedincha, ao suborno, à corrupção, ao embuste, à traficância, à ganância, Ramalho Eanes ergueu-se e, altivo, desferiu uma esplendorosa bofetada de luva branca no videirismo, no arranjismo que o imergem, nos imergem por todos os lados." Fernando Dacosta in Seres decentes (Tempo Livre-Inatel, Outubro 2008)
  • Estados Unidos instalam sistema antimísseis em países próximos do Irão (Emiratos Árabes Unidos, o Qatar, o Bahrein e o Kuwait). Público.
Share:

Translate

Pesquisar no Ambiente Ondas3

Património

O passado do Ambiente Ondas3

Ver aqui.

Amig@s do Ambiente Ondas3

Etiquetas

Arquivo do blogue